BUSCAR
BUSCAR
Contra a violência
Dia de combate ao feminicídio é celebrado no RN com queda no número de casos
Casos de violência e feminicídio, podem ser denunciados através do número da promotoria (84) 99994-8888
Redação
15/07/2021 | 09:15

O Rio Grande do Norte comemora hoje o dia de combate ao feminicídio. A data será marcada por queda de quase 50% de queda no número de casos, em comparação ao mesmo período do ano passado. Porém, segundo dados da Organização das nações Unidas-ONU, houve um aumento nos casos de violência doméstica no período da pandemia.

Segundo dados do fórum Brasileiro de segurança Pública uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos, afirmou ter sofrido algum tipo de violência ou agressão nos últimos 12 meses, durante a pandemia da covid-19. No Rio Grande do Norte aumentou em torno 9% as denúncias em delegacias que atendem a esse tipo de violência.

A titular da promotoria de combate ao feminicídio do Ministério Público do estado, Erica Canuto, ressalta que, o aumento no número de denúncias, apesar de lento, contribui para a queda no número de casos.

“Desde o início da pandemia foi divulgado pela ONU, um aumento nos casos de violência doméstica em vários países. O isolamento social é um grande fator de risco pelo fato de as pessoas estarem em casa. Os dados que temos são de números aproximados. As vítimas, embora façam denúncia, ainda demoram um pouco a tomarem essa inciativa. No Rio grande do Norte em 2020 tivemos 21 feminicídios, agora em 2021 tivemos 12 até o momento, uma queda em torno de 31%, mas ainda é muito alto, precisamos zerar esse índice”

Sobre as medidas protetivas, a promotora disse que é um fator que funciona e salva muitas mulheres.

“As medidas protetivas ajudam muitas mulheres a se protegerem contra os agressores, é uma mensagem que precisamos passar, alertar as mulheres que sofrem violência, para procurem as medidas, procure os órgãos responsáveis, denunciem. O agressor dar vários sinais de que vai avançar nas agressões, antes disso é preciso que essas mulheres busquem ajuda através dos órgãos de proteção. Existem um número que no qual pode ser feito a denúncia, enviara foto, vídeos, mensagens de ameaça. Qualquer mulher pode ser vítima de um relacionamento abusivo. Nossa orientação é, não se calem. Se tiver fotos vídeos, encaminhe para alguém”

Para comemorar a data, o governo vai promover hoje através da Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos do Rio Grande do Norte (Semjidh), um evento em formato híbrido (presencial e virtual) para destacar ações que visam combater o feminicídio no estado.

O evento vai contar com a presença da governadora Fátima Bezerra, da secretária da Semjidh, Julia Arruda e convidados, o evento vai destacar, entre outras ações, balanço das políticas para o enfrentamento do feminicídio no Rio Grande do Norte. A atividade será transmitida pelo canal do YouTube pelo endereço.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.