BUSCAR
BUSCAR
Henrique Alves pede a Dilma Rousseff a duplicação da BR-304

29/08/2012 | 22:23

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (RN), pediu à presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira, 29, a inclusão da duplicação da BR-304 no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O deputado pediu a audiência para entregar à presidente da República uma exposição de motivos que demonstram a necessidade e urgência da obra para o Rio Grande do Norte.

A duplicação do trecho com a extensão de 301 quilômetros, interligando Natal a Mossoró e chegando ao Ceará, deverá custar R$ 900 milhões. A possibilidade de executar a obra por meio de concessão chegou a ser cogitada, mas o modelo foi descartado em função do fluxo de veículos que, apesar de intenso, exigiria uma tarifa acima de R$ 10. Um custo de pedágio elevado é inviável para os usuários da estrada. A rodovia registra fluxo diário de 5,5 mil veículos, atingindo a marca de 8,5 mil na região metropolitana de Natal.

A presidente, segundo o líder, ficou sensibilizada com os argumentos e decidiu encaminhar a proposta entregue pelo deputado para análise nos ministérios dos Transportes e do Planejamento. “Dos nove trechos incluídos no Programa de Investimento em Logística, não constam investimentos no Rio Grande do Norte. Nesta oportunidade, vimos levar à consideração de Vossa Excelência o principal projeto para o Estado do Rio Grande do Norte que é a duplicação da BR-304, entre Natal e Mossoró, o mais importante eixo viário do Estado e estratégico dentro da economia potiguar”, diz o documento.

Henrique Alves lembrou que o projeto se integra a outra importante obra, por meio de concessão do governo federal, no Rio Grande do Norte: o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, já em construção. “Empreendimento que obteve êxito graças aos esforços do então presidente Lula, corroborado pela forte atuação de Vossa Excelência quando ministra da Casa Civil”, lembrou o líder.

O deputado aproveitou a audiência para agradecer, pessoalmente, em nome dos potiguares, o empenho da presidente Dilma, ainda na função de ´ministra da Casa Civil, para a realização do projeto do Perímetro Irrigado da Chapada do Apodi, outra obra do PAC cuja Ordem de Serviço foi assinada esta semana pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. “O projeto foi incluído no PAC por decisão da senhora quando ministra da Casa Civil, após uma reavaliação dos projetos em dezembro de 2010”, relembrou o líder à presidente.

 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.