BUSCAR
BUSCAR
Confira a coluna “Desenrolando a Língua” desta terça 23

23/02/2021 | 00:49

ORA E HORA

A pronúncia é a mesma, mas as palavras não têm parentesco em relação ao sentido. Se a ideia é dizer “por enquanto”, “por agora”, deve-se usar “ora”: O governo, por ora, não tomou iniciativa quanto às aulas presenciais”. A palavra “hora” significa 60 minutos: “A velocidade na rodovia é de 80km por hora”.

MILHÃO

É substantivo masculino e, como tal, obriga o numeral a concordar com ele: “Foram registrados mais de dois milhões de mortes”. Cuidado: muita gente escreveria “duas”, em vez de “dois”. Lembre-se de que o numeral concorda com milhão. O mesmo ocorre com bilhão e trilhão.

EM TEMPO

Muita gente boa anda a escorregar no emprego de “a tempo” e “há tempo”. “A tempo” significa no momento oportuno, dentro do prazo, em boa hora: “Chegamos a tempo de acompanhar a reunião”;” Voltaram a tempo de participar do almoço”. O verbo haver em “há tempo” indica tempo decorrido e pode ser substituído por faz: “Estamos morando em Natal há tempo”.

BEM COMO

A concordância do verbo com o sujeito composto ligado por bem como faz-se de duas formas: no singular, quando se quer destacar o primeiro elemento: “A diretora, bem como a secretária, exigiu o afastamento do aluno”. Quando, todavia, se quer atribuir a mesma importância aos dois elementos, retiram-se as vírgulas e usa-se o verbo no plural: “O professor bem como os alunos compareceram ao evento”.

ABRE ASPAS

Se alguém causa ainda pena a tua chaga, apedreja essa mão vil que te afaga, escarra nesta boca que te beija. Augusto dos Anjos

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]r
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.