BUSCAR
BUSCAR
Saúde do Presidente
Bolsonaro afirma que exame para coronavírus deu negativo e posta foto dando “banana”
Exame foi realizado por Bolsonaro após o secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, ter sido confirmado com a doença
Agência Estado
13/03/2020 | 12:47

O presidente Jair Bolsonaro informou pela sua página oficial no Facebook que exame realizado no Hospital das Forças Armadas atestou negativo para o novo coronavírus. Mais cedo, a emissora de TV americana Fox News informou que um primeiro exame do presidente teria dado positivo.

“HFA/SABIN atestam negativo para o COVID-19 o Sr. Pres. da República Jair Bolsonaro”, publicou o próprio Bolsonaro no Facebook. A publicação foi acompanhada de uma imagem em que o presidente aparece fazendo um gesto de “banana”.

De acordo com a Fox News, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, afirmou que o primeiro teste tinha sido positivo e que a Presidência aguardava o resultado da contraprova. No Twitter, Eduardo afirmou que “o teste não foi concluído”, sem deixar claro se fala de apenas um exame ou dois.

O exame foi realizado por Bolsonaro após o secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, ter sido confirmado com a doença. Ele viajou com o presidente aos Estados Unidos e esteve boa parte do tempo ao seu lado.

O presidente minimizou na terça, 10, a doença que se espalha a nível mundial e que um dia depois foi classificada como uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “Muito do que tem ali é mais fantasia, a questão do coronavírus, que não é isso tudo que a grande mídia propaga”, disse em evento em Miami. Na segunda-feira, 9, ele já havia dito que a disseminação da doença estava “super dimensionada”.

Bolsonaro completa 65 anos no próximo dia 21. A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também fez o teste. Eduardo também fez exames para saber se está com coronavírus. Ainda não há informações sobre os resultados.

Visitas

Bolsonaro tem recebido visitas no Palácio da Alvorada. O procedimento é o mesmo desde a tarde de quinta, 12: para todos que chegam e para os seguranças de Bolsonaro, ao adentrar as dependências internas da residência oficial recebem uma máscara cirúrgica.

O uso dessas máscaras é recomendado para indivíduos que já estão doentes e as utilizam para evitar transmitir infecções para outras pessoas. A máscara é mesma usada por Bolsonaro ontem na tradicional live de quinta-feira. Para evitar o contágio, recomenda-se o uso da máscara N95, o tipo usado pelo ministro da Saúde, Henrique Mandetta, enquanto acompanhava Bolsonaro na transmissão ao vivo.

Cedo nesta sexta, o presidente recebeu a visita do secretário especial para Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia. Ele chegou ao Palácio por volta das 7h40 e permaneceu por cerca de uma hora. Pouco depois das 10h, chegaram ao Alvorada, o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, e depois Sergio Camargo, presidente da Fundação Cultural Palmares.

Ramos saiu às 11h, sem máscara, e seguiu para o Planalto, onde a cúpula de ministros realiza reunião sobre as medidas em relação ao coronavírus. Já Camargo ainda está reunido com Bolsonaro. O chefe do Executivo aguarda resultado dos seus exames para a presença ou não do Covid-19.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.