BUSCAR
BUSCAR
Promoção
Black Friday 2020: veja dicas para encontrar os melhores descontos
Acompanhar os canais digitais dos lojistas desde agora e se cadastrar para receber notificações de promoções pode garantir uma boa compra e evitar a ‘Black Fraude’
Estadão
04/11/2020 | 11:15

A Black Friday 2020 ocorre no dia 27 de novembro, mas os consumidores podem começar a procurar por descontos e ofertas desde agora. “Logo no início do mês de novembro, vários lojistas começam a antecipar algumas ofertas”, diz o diretor do site www.blackfriday.com.br, Ricardo Bove.

Neste ano, as expectativas são altas quanto às vendas pelo e-commerce, em virtude da pandemia da covid-19. Confira algumas dicas que podem ajudá-lo a fazer uma boa compra.

Defina sua estratégia

Se o consumidor já sabe o que quer comprar na Black Friday, Bove aconselha a comparar preços e ofertas quanto antes. “Ao pesquisar agora, você já consegue saber o preço do produto de antemão e identificar a hora em que achar uma boa oferta.” Ele sugere que o consumidor faça uma lista de compras para acompanhar os preços dos produtos que quer e saber quanto está disposto a pagar.

Para o diretor da ConQuist Consultoria, Roberto Madruga, o planejamento aumenta as chances da conclusão de compra. “Se você se organiza para comprar uma batedeira, por exemplo, há uma tendência natural de conseguir comprar esse produto”, diz.

Por outro lado, Madruga ressalta que há consumidores que podem optar por outro tipo de estratégia: verificar o orçamento disponível e, a partir dele, traçar suas intenções de compra. Portanto, a primeira dica é identificar qual é a sua estratégia – fazer uma lista de compras ou comprar de acordo com seu orçamento – e definir suas prioridades para esta Black Friday.

Identifique os grandes descontos

Bove lembra que os grandes descontos variam de acordo com a categoria do produto. “Você nunca vai encontrar uma lavadora com um desconto de 70%, porque esse é um produto de valor alto”, afirma.

Ele explica que os produtos estão divididos em duas categorias de valor: o porcentual e o absoluto. “Para itens como eletrônicos e linha branca, 20% ou 30% de desconto é muito bom, porque, em valores absolutos, isso pode representar uma oferta de até R$ 500 ou R$ 600”, afirma. Em outras categorias, como vestuário, Bove diz que é possível encontrar um alto porcentual de ofertas, que pode chegar a 80%.

Calcule o valor e a urgência do produto desejado

Você sabe o que precisa comprar, mas não sabe quando? Nesse caso, Madruga aconselha a determinar a urgência com a qual você precisa daquele produto. “Se você tiver um benefício imediato ao usar aquele produto, não vale a pena esperar, porque pode ser que o estoque acabe antes do dia da Black Friday”, aconselha.

Um aparelho para medir a pressão, por exemplo, pode ser um item de extrema necessidade para alguns consumidores. “Você vai perder o benefício de controlar a sua pressão hoje para controlá-la só no dia 27?”, questiona Madruga. “Por outro lado, se o consumidor já tiver um relógio e quiser comprar mais um, talvez seja o caso de ele esperar um pouquinho para encontrar uma boa oferta.”

Qual é o melhor dia para comprar com desconto?

Não há uma data certa para definir o momento ideal de compra. Há lojas que já começaram a antecipar suas ofertas para a Black Friday. Segundo Madruga, a tendência é que, a partir do dia 15, a antecipação desses descontos seja massiva.

Porém, Bove lembra que a maior parte dos descontos ocorre mesmo entre a noite da quinta-feira anterior à Black Friday e o domingo posterior. “Apesar de os lojistas já lançarem boas ofertas agora, a maior parte delas é guardada para o momento da ação”, afirma.

Acompanhe os lojistas

Para identificar as melhores ofertas, Bove e Madruga aconselham o consumidor a acompanhar os sites e as redes sociais das lojas de preferência, que têm papel importante durante a campanha. Nesse caso, confiança é a palavra-chave.

“O usuário pode se cadastrar antecipadamente nos sites ou nos aplicativos das lojas onde ele está acostumado a comprar”, diz Bove. O cadastro tem uma explicação: “Muitas dessas ofertas são exclusivas ou antecipadas para quem já é cliente”.

O site www.blackfriday.com.br também oferece a possibilidade do usuário se cadastrar e receber em seu e-mail as ofertas das lojas cadastradas. Bove o define como “o shopping online da Black Friday”.

Fique de olho nas notificações

Para não correr o risco de perder as ofertas, Bove recomenda que o usuário ative as notificações dos e-mails e dos aplicativos para ser informado sobre as promoções do dia. “Se você receber o e-mail à noite e abri-lo apenas de manhã, a oferta pode ter acabado, já que as lojas estão com um número de estoque limitado. Então, o importante é ficar atento”, frisa.

Cuidado com os falsos descontos

Você já deve ter ouvido falar no termo “Black Fraude”, utilizado de forma irônica na internet por consumidores que encontram propaganda enganosa em vez de descontos reais. Apesar de a confiança do consumidor em relação à data ter aumentado nos últimos anos, é importante conferir a reputação das lojas.

Bove orienta que o cuidado deve ser redobrado se a compra for feita em uma loja desconhecida. “Se o consumidor vir um desconto que está muito abaixo dos outros, ele tem que desconfiar e procurar a reputação da loja na internet para identificar se não é um desconto falso”. A pesquisa antecipada dos preços ajuda o consumidor a identificar os descontos reais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.