BUSCAR
BUSCAR
Posicionamento
“Atividade que propicia lazer barato”, diz associação após capotamento impressionante em duna no RN
Veículo capotou diversas vezes nas dunas de Búzios, na tarde deste domingo 27
Redação
28/09/2020 | 14:46

A Associação Potiguar de OffRoad divulgou nesta segunda-feira 28 uma nota esclarecendo detalhes sobre o capotamento “impressionante” que ocorreu nas dunas de Búzios, neste domingo 27.

Segundo a associação, que classificou a atividade que representa como “lazer (…) barato”, o local do acidente é frequentado semanalmente por centenas de pessoas “sem absolutamente nenhum incidente” e que o ocorrido do último domingo foi “absoluta exceção”.

A nota destaca que o motorista envolvido no incidente era um turista de Pernambuco “sem habitualidade necessária e desconhecedor do terreno” e que acidentes podem ocorrer em todas as atividades humanas, principalmente nas que envolvem a condução de máquinas.

A associação pontua que a atividade do off-road integra a cultura potiguar, gerando milhares de empregos diretos e indiretos, além de milhões de reais em impostos, devido à comercialização de veículos, peças, acessórios e serviços.

Por tal razão, segundo o texto, é necessário analisar com cautela as críticas advindas de entidades e categorias que exploram comercialmente a atividade

O nota reforça, ainda, o seu compromisso com a legalidade e expressando solidariedade ao motorista envolvido no incidente.

Confira a nota da íntegra:

Associação Potiguar de OffRoad solta nota sobre acidente nas dunas de Búzios nesse domingo Em relação ao incidente ocorrido ontem nas dunas da praia de Búzios a Associação Potiguar de Off-road (APO) vem a público esclarecer alguns pontos. Confira abaixo:

– O motorista era do Estado de Pernambuco em visita a Natal, e sem a habitualidade necessária e desconhecedor do terreno, teve a infelicidade de se envolver no incidente que gerou a cena espetacular que todos viram, mas que felizmente, graças à segurança extrema do veículo, só teve como consequência danos materiais que, ao fim e ao cabo, só irão onerar o próprio condutor.

– Ressalte-se que o turista envolvido no incidente era um particular desfrutando de um bem pessoal no mesmo local onde centenas e centenas de pessoas o fazem, todas as semanas, sem absolutamente nenhum incidente. Todavia acidentes podem ocorrer em todas as atividades humanas, principalmente nas que envolvem a condução de máquinas, o que por óbvio não deve ser tomado por regra e sim como a mais absoluta exceção.

– Devemos lembrar que a atividade do off-road é algo que já faz parte da cultura do nosso Estado, gerando milhares de empregos diretos e indiretos e gerando milhões de reais em impostos, devido à comercialização de veículos, peças, acessórios e serviços. Como se não bastasse, é uma atividade que propicia um lazer constante e barato a milhares de famílias potiguares, que através dele desfrutam, da forma mais democrática possível, das belezas do nosso Estado, tornando-as acessíveis mesmo àqueles que não possuem recursos para contratar um oneroso passeio realizado por profissionais.

– Em raros incidentes como esses, devemos ver sempre com cautela críticas advindas de entidades e categorias que exploram comercialmente a atividade. Primeiro porque incidentes desta natureza também ocorrem com integrantes de tais categorias e associações com velada constância. E segundo porque, não raras vezes, tais críticas na verdade mascaram os seus reais interesses, que é meramente o do monopólio da prática da atividade visando a maximização dos seus lucros, praticamente impedindo o acesso da população potiguar às belezas do nosso Estado, uma vez que os preços, proibitivos para boa parte da população, as tornam quase que exclusivas aos turistas.

– Por fim a APO vem reafirmar o seu compromisso com a legalidade e ressaltar que a maioria dos seus associados é absolutamente ordeira, solidária, formada em sua esmagadora maioria por pessoas comuns, pais de família, respeitadores das normas de trânsito e do meio ambiente, que vem a ser justamente o objetivo máximo dos seus praticantes, o contato e a preservação da natureza. Fica aqui a nossa solidariedade ao motorista envolvido no incidente e o nosso agradecimento a Deus pela incolumidade da sua saúde e de seus familiares.

Associação Potiguar de OffRoad”

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.