BUSCAR
BUSCAR
Reabertura
Confira o que volta a abrir no comércio potiguar com a retomada das atividades econômicas
Novo decreto foi publicado nesta quarta-feira (1º) e regula a retomada gradual da economia no RN
Redação
01/07/2020 | 10:21

A primeira fase da retomada da economia no Rio Grande do Norte teve início nesta quarta-feira (1º). Algumas atividades tiveram seu funcionamento liberado, com a condição do seguimento das medidas de distanciamento e isolamento social recomendadas pela Organização Mundial da Saúde.

Confira quais são os serviços e estabelecimentos autorizados a funcionar durante o período inicial de flexibilização:

  • Serviços de RH e terceirização;
  • Atividades de informação, comunicação, agências de publicidade, design e afins;
  • Centros de distribuição, distribuidoras, depósitos;
  • Atividades dos serviços sociais autônomos (Sistema S) e afins, excluídas as escolas a eles vinculadas;
  • Agências de turismo;
  • Salões de beleza, barbearias e afins;
  • Lojas até 300 m2 (trezentos metros quadrados);
  • Lojas de artigos usados;
  • Papelarias, lojas de materiais de escritório e variedades;
  • Lojas de produtos de climatização;
  • Lojas de bicicletas e acessórios;
  • Comércio de plantas e flores;
  • Lojas de vestuário, acessórios e calçados;
  • Bancas de jornais e revistas;
  • Lojas de souvenires, bijuterias e artesanatos;
  • Armarinhos.

No decorrer dos dias, caso todas as medidas sejam cumpridas e o índice de transmissibilidade se mantenha em declínio, novas atividades entrarão na lista. Outro fator que influencia na permanência do cronograma é a ocupação dos leitos de tratamento da Covid-19 no estado.

Caso haja descumprimento das normas estabelecidas pelo Governo do RN, o infrator estará sujeito à penalidades impostas pelos órgãos cabíveis.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.