BUSCAR
BUSCAR
Verificação
Estudo sobre cloroquina com 96 mil pacientes passa por auditoria
Revista científica 'New England Journal of Medicine' também manifestou preocupação com pesquisa
Redação
02/06/2020 | 18:28

A revista científica “The Lancet” publicou, nesta terça-feira (2), uma nota na qual manifesta “preocupação” com o estudo sobre cloroquina e hidroxicloroquina que foi publicado na própria revista no dia 22 de maio. O estudo, feito com 96 mil pacientes, motivou a OMS a suspender os testes com as substâncias em ensaios clínicos internacionais.

No texto, a revista afirma que “importantes questões científicas foram levantadas sobre os dados relatados” no estudo.

Na pesquisa, os autores haviam concluído que o uso dos dois remédios, normalmente usados para tratar malária ou doenças autoimunes, não trazia benefícios contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Eles também constataram que o uso desses medicamentos trazia um risco de arritmia cardíaca.

A “The Lancet” afirmou que uma auditoria independente dos dados do estudo está ocorrendo, e os resultados são esperados “muito em breve”. As informações foram obtidas pelo portal G1.

Veja a íntegra da nota da ‘The Lancet’:

“Manifestação de preocupação: Hidroxicloroquina ou cloroquina com ou sem um macrólido para tratamento de COVID-19: uma análise de registro multinacional

Importantes questões científicas foram levantadas sobre dados relatados no artigo de Mandeep Mehra et al. — Hidroxicloroquina ou cloroquina com ou sem um macrolídeo para tratamento de COVID-19: uma análise de registro multinacional — publicado na The Lancet em 22 de maio de 2020. Embora uma auditoria independente da proveniência e da validade dos dados tenha sido encomendada pelos autores não afiliados ao Surgisphere e esteja em andamento, com os resultados esperados muito em breve, estamos emitindo uma manifestação de preocupação para alertar os leitores para o fato de que sérias questões científicas foram trazidas à nosso atenção. Atualizaremos este aviso assim que tivermos outras informações.

Os editores”

New England Journal of Medicine

Outra revista científica importante, a “New England Journal of Medicine”, também emitiu nota de preocupação com a pesquisa.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.