BUSCAR
BUSCAR
Saúde
Tatuagem íntima de Anitta pode colocar vida da cantora em risco; entenda
Médica ressalta que a tatuagem, por ser um local quente e abafado, uma possível infecção corre o risco de ser agravada e ocasionar complicações como a Síndrome de Fournier
Notícias da TV
26/02/2021 | 11:55

A tatuagem íntima de Anitta surpreendeu e divertiu os fãs. Um dos motivos é a localização incomum do desenho: o ânus. No entanto, segundo os especialistas, a brincadeira pode colocar a vida da cantora em risco por conta da possibilidade de infecções e a falta de cuidados básicos de higiene durante o procedimento.

“A tatuagem nada mais é do que múltiplas microperfurações na pele. Ela fez isso com a pele de uma região que é altamente contaminada porque ali passam fezes e, muitas vezes, urina. Por isso, aumentam as chances de ela ter uma infecção geralmente bacteriana, o que pode levar ao processo inflamatório”, explica a dermatologista Flávia Ravelli.

A médica ressalta que, por ser um local quente e abafado, uma possível infecção corre o risco de ser agravada e ocasionar complicações como a Síndrome de Fournier: “É uma infecção extremamente grave e com altas chances de risco à vida, o índice de letalidade é alto. Geralmente, durante o tratamento, a pessoa fica internada em Unidade de Terapia Intensiva”.

E o perigo começou desde o momento do procedimento, que foi realizado na mansão de Anitta, e não em um estúdio de tatuagem regulamentado pelos órgãos sanitários. “Se a tatuagem não for feita com as técnicas de assepsia adequadas, existe o risco de contrair uma doença infecciosa como sífilis, hepatite B, hepatite C e HIV”, reforça a profissional.

A dermatologista também aponta os cuidados que a artista deve ter adotado durante o período de cicatrização do desenho. “Geralmente, pedimos para a pessoa lavar a tatuagem duas vezes ao dia. Toda vez que ela fez xixi ou cocô, [a Anitta] teve que parar tudo para se limpar, uma espécie de mini banho, não adianta só passar papel”, avisa a médica.

“Acredito que ela só tenha feito a tatuagem porque realmente não conversou com nenhum médico e não recebeu orientação. Se ela conversasse sobre os riscos de uma tatuagem nessa região, acho que teria pensado duas vezes”, opina Flávia.

Incômodo para tatuadores

No vídeo gravado durante a realização da tatuagem, Anitta grita de dor e compartilha o incômodo do procedimento com os seguidores do OnlyFans. Porém, não é só a artista que sofre com a localização peculiar do desenho.

Sérgio Pisani, tatuador e proprietário do estúdio Tattoo You, relata o desconforto que vivenciou ao realizar procedimentos semelhantes ao da funkeira: “Tenho 30 anos de trabalho e só fiz duas vezes [desenhos no ânus de clientes]. É desconfortável para mim, para a pessoa fazer, tanto é que não faço mais isso”.

Segundo o site Metrópoles, Anitta teria tatuado a frase “I luv u”, expressão informal de “eu te amo”, em inglês. O tatuador comenta que, nesses casos, o procedimento deve ter durado cerca de cinco minutos. Sérgio também explica o processo de retoque do desenho, o que foi feito na região íntima da funkeira.

“O retoque se dá quando ocorre algum problema na cicatrização ou o tatuador não fez da maneira certa. Não é uma coisa comum. De 100%, você retoca uns 5%. O certo é você não retocar. Por ser um lugar mais escondido, talvez haja a necessidade de retocar porque mucosa é um lugar ruim para se tatuar”, detalha ele.

“Não indico [essa tatuagem], não é um lugar legal, Se ela viesse aqui, eu não iria fazer. Isso não pode virar moda”, suplica o empresário, que também indica outros locais do corpo que devem ser evitados na hora da tatuagem, como a lateral dos dedos, palma da mão, rosto e orelhas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.