BUSCAR
BUSCAR
Alívio
RN recebe 160 cilindros de oxigênio neste sábado
Material foi enviado pelo Ministério da Saúde e chegou ao Estado neste sábado em aeronave da FAB
Redação
27/03/2021 | 15:25

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN) recebeu do Ministério da Saúde neste sábado, 27, 160 cilindros de oxigênio que serão usados nos hospitais que atendem pacientes com Covid-19 em todo o Rio Grande do Norte. Eles foram trazidos por um avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB) que pousou na Base Aérea em Parnamirim, Grande Natal.

Os cilindros que chegaram fazem parte de um total de 450 solicitados em caráter emergencial pela governadora Fátima Bezerra ao Ministério da Saúde. Eles serão utilizados para auxiliar no tratamento de pacientes com Covid-19 que necessitam de suporte ventilatório, e irão beneficiar os 49 municípios potiguares que se encontram em dificuldade de abastecimento. Segundo levantamento feito pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Consems/RN), esses municípios necessitam de apoio adicional para o suprimento de oxigênio devido ao aumento do número de internações.

Os cilindros se destinam aos municípios, uma vez que as unidades de saúde da rede estadual seguem com o abastecimento normal, conforme planejamento feito desde o início da pandemia, acrescido agora de um aumento de 25% no volume do produto fornecido pela empresa White Martins. “O Estado está enviando os cilindros para as cidades-polo das regiões que farão a distribuição. O reabastecimento desses cilindros ficará por conta do governo do Estado através de um aditivo contratual que foi firmado para que a gente pudesse dar esse suporte aos municípios”, declarou a secretária adjunta da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), Maura Sobreira. O transporte para as cidades-polo começa a ser feito neste domingo pela White Martins.

Desabastecimento

Nesta sexta o Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia de Covid-19 (Giac) enviou ao Ministério da Saúde quatro ofícios comunicando situações de desabastecimento de insumos como oxigênio medicinal e remédios do kit intubação no Rio Grande do Norte, Piauí, Pará e no município de Montes Claros (MG). Os documentos, endereçados ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pedem análise e adoção de providências urgentes para mitigar os problemas relatados.

Desde a semana passada, o Giac já enviou ao Ministério alertas similares requerendo medidas para evitar o colapso iminente do sistema de saúde por falta de oxigênio em Rondônia, Acre, Amapá e Mato Grosso. No caso do Rio Grande do Norte, a documentação enviada ao Giac pelo membro focalizador do Ministério Público Federal no estado mostra que há falta de remédios do kit intubação e oxigênio medicinal.

A rede municipal de Natal, que atualmente registra 89 pacientes intubados, está com os estoques de remédios do kit intubação zerados. Os medicamentos são enviados a cada 24 horas pela Secretaria de Saúde do estado, em caráter emergencial, mas não se sabe até quando os estoques vão durar, tendo em vista a alta exponencial dos casos de covid-19.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.