BUSCAR
BUSCAR
Recurso
RN perde 49% da água potável ainda na distribuição, diz estudo
Índice de desperdício de água tratada no Rio Grande do Norte, segundo o Instituto Trata Brasil, é causado por falhas, 'gatos' e erros em hidrômetros
Redação
05/06/2020 | 04:58

O Rio Grande do Norte desperdiça 49% da água tratada antes mesmo que chegue às residências da população potiguar, aponta a estudo do Instituto Trata Brasil feito em parceria com a Water.org. Os dados mostram que o índice de perdas de água no sistema de distribuição (IPD) no RN está bem acima da média nacional, com 38,5% de perdas.

O estudo tem como base o ano de 2018. O resultado de desperdício no Rio Grande do Norte mostra que a cada 100 litros de água captada e tratada, quase a metade se perde por conta de vazamento nas redes, “gatos”, erros de leitura dos hidrômetros e outros problemas durante o serviço.

De acordo com o Instituto Trata Brasil, o índice de perdas de água no sistema de distribuição no Brasil é muito alto, mas as médias ainda escondem as disparidades regionais. No Norte, por exemplo, que tem os piores índices de abastecimento de água, coleta e tratamento dos esgotos, as perdas são de 55%. Significa que mais da metade da água produzida não chega oficialmente à população.

Outro dado analisado foi o de perdas da água efetivamente consumida em termos unitários. O resultado é o calculo a partir dos litros produzidos, o volume consumido e a quantidade de ligações ativas. Neste índice, o Rio Grande do Norte registra uma perda de 396 litros por dia a cada ligação.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.