BUSCAR
BUSCAR
Projetos
Prefeito de Natal elege saúde e turismo como prioridades da nova gestão; conheça as obras
Empossado recentemente para o 2º mandato à frente da Prefeitura do Natal, Álvaro Dias tem como principais metas a construção de um novo hospital municipal e obras que vão beneficiar o turismo local
Redação
02/03/2021 | 00:27

Se o primeiro mandato do prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), foi marcado pelas ações de combate à pandemia do novo coronavírus – notadamente pela abertura de um hospital de campanha –, o segundo deverá ter como principais focos ações em duas áreas prioritárias: saúde e turismo.

Na área da saúde, a principal meta do prefeito – que foi reeleito para o cargo com mais de 194 mil votos, ainda no 1º turno – é abrir um novo hospital municipal. A ideia é criar uma unidade para substituir o atual hospital, que funciona em um prédio alugado.

Especificamente na área do turismo, o tucano planeja para a próxima gestão abrir um terminal turístico na Redinha e inaugurar a nova faixa de areia da Praia de Ponta Negra

Os três projetos já estão prontos. A prefeitura aguarda a disponibilização de recursos para iniciar as obras. Álvaro Dias tem ido frequentemente a Brasília em busca de auxílio do Governo Federal e já recebeu a sinalização do presidente Jair Bolsonaro de que a União vai ajudar nos projetos.

Novo hospital municipal

O projeto do novo hospital municipal de Natal surgiu no fim de 2019, quando ainda não havia pandemia de Covid-19.

Na época, a pedido de Álvaro Dias, os vereadores autorizaram que uma área da Zona de Proteção Ambiental 1 fosse utilizada para a construção da nova unidade de saúde. O terreno fica às margens da Avenida Omar O’Grady (prolongamento da Avenida Prudente de Morais), próximo à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade Satélite.

Com a pandemia, o projeto foi adiado, mas voltou à tona na campanha de Álvaro Dias à reeleição, no discurso de posse do prefeito para o novo mandato e na recente mensagem anual à Câmara. A ideia é iniciar as obras já nos próximos meses.

O novo hospital municipal está orçado em R$ 100 milhões. A maior parte dos recursos será proveniente do Governo Federal. A expectativa é que a unidade hospitalar tenha algo em torno de 240 leitos, sendo pelo menos 30 de UTI.

O projeto já foi apresentado ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que, segundo Álvaro Dias, foi receptivo. “Já demos entrada no projeto e acredito que a situação está bem encaminhada, estamos confiantes nesta parceria. Nós vamos conseguir, sim, recursos para Natal e para construir o nosso hospital municipal”, enfatizou o prefeito de Natal após recente viagem a Brasília.

Ainda na área da saúde, o prefeito tem como meta ampliar a atenção básica. Em entrevista ao Agora RN durante a campanha, Álvaro Dias se comprometeu a ampliar o número de equipes de saúde da família.

Atualmente, Natal tem cerca de 135 equipes, enquanto deveria ter pelo menos 200, de acordo com entidades como o Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed-RN). Além disso, mesmo com número reduzido, várias equipes estão incompletas – ou seja, com a falta de profissionais como médicos e enfermeiros.

O prefeito de Natal assegurou que, na próxima gestão, vai ampliar o número de equipes de saúde nas unidades básicas e enalteceu que, hoje, a gestão municipal já aplica cerca de 27% de suas receitas em saúde, o que é muito acima do que o mínimo que a Constituição Federal exige dos municípios.

“Vou investir mais ainda. Vamos continuar a dar prioridade total à área da saúde, como temos dado, investindo bem mais do que o mínimo constitucional”, acrescentou.

Investimentos para o turismo

As outras duas principais metas de Álvaro Dias são voltadas para o turismo.

O prefeito de Natal planeja inaugurar até o fim da gestão um terminal turístico para a Redinha. O projeto prevê ações de urbanização integradas à construção de um mercado público totalmente remodelado, com deck e calçadão, além da revitalização do clube da Redinha.

O objetivo é transformar a Redinha, que fica na Zona Norte da capital potiguar, em um novo polo turístico da cidade, aproveitando a facilidade de acesso a partir da ponte Newton Navarro e do atrativo gastronômico representado pela tradicional ginga com tapioca.

Orçada em cerca de R$ 23,5 milhões, em uma parceria entre a administração municipal e o Governo Federal, a obra deve começar seus trabalhos ainda em 2021 e finalizar em meados de 2022. Atualmente, o projeto do Centro de Artesanato está com ordem de serviço pronta. Parte da verba já foi autorizada pelo governo Bolsonaro.

“Com o fim das obras, Natal ganhará um novo complexo turístico, mais moderno, seguro e atrativo para turistas e todos os natalenses”, ressaltou o secretário de Obras Públicas, Carlson Gomes, em recente entrevista sobre o assunto.

Além da Redinha, outra praia que receberá mais atenção na nova gestão do prefeito de Natal é Ponta Negra, na Zona Sul da cidade.

No ano passado, em visita a Natal, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, garantiu que o Governo Federal vai liberar recursos para duas obras importantes na praia: a engorda e o enrocamento. No total, são R$ 49 milhões em investimentos.

Na engorda, o objetivo é ampliar a faixa de areia de Ponta Negra, dando aos natalenses e turistas mais espaço para a prática de esportes e lazer à beira-mar, fomentando o turismo. Hoje, com a maré alta, não sobra espaço para a circulação de banhistas na areia. Com a engorda, será ganhado um espaço de até 100 metros (maré baixa).

No enrocamento, a proposta é dar mais sustentação ao calçadão, através da instalação de blocos que projetam o local de pedestres do avanço do mar e da erosão natural.

“Nossa intenção é concluir esta grande obra em um espaço de tempo menor possível. É importantíssima porque vai conter os danos ao calçadão, embelezar nossa orla e potencializar ainda mais nosso turismo. É uma obra sonhada por todos, temos certeza de que vamos conseguir realizá-la”, afirmou Álvaro Dias após receber recentemente do Governo Federal sinalização de que a verba necessária será enviada ao Município.

Outras metas

Além das três obras acima, o prefeito de Natal tem outras metas estabelecidas para a nova gestão. Ainda relacionado ao turismo, o prefeito projeta concluir ainda em 2021 a revisão do Plano Diretor de Natal.

A gestão municipal aposta na “modernização” da lei para atrair investimentos especialmente para a área da orla urbana da cidade e para a Zona Norte, através da ampliação do gabarito de construção e permissão para construção em determinadas áreas que hoje impõem restrições.

Na área da infraestrutura urbana, o prefeito também tem como metas finalizar o trabalho de macrodrenagem nas imediações da Arena das Dunas, que vai acabar com alagamentos na região, e as obras de saneamento integrado e drenagem na Zona Norte de natal. Nos dois casos, as obras estão em etapas de finalização.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.