BUSCAR
BUSCAR
Rejeição
Pesquisa Exatus: Carlos Eduardo é o mais rejeitado no RN para o Senado
Quando questionados sobre qual candidato jamais votaria, o nome do pedetista foi mencionado por 15,5% das pessoas consultadas
Redação
19/05/2022 | 07:24

Apesar de estar melhor colocado na pesquisa de intenção de votos para o Senado Federal, Carlos Eduardo Alves também figura como o candidato que tem o maior índice de rejeição do eleitorado potiguar. Quando questionados sobre qual candidato jamais votaria, o nome do pedetista foi mencionado por 15,5% das pessoas consultadas.

1 4

Em segundo lugar, ficou Ney Lopes, com 11,35%. Quase colados a ele, vem Rafael Motta, com 11,1% e Rogério Marinho, com 10,6%. Robério Paulino ficou com 3,3%. Não sabe ou não respondeu corresponde a 29,05% e 19,1% dos entrevistados afirmaram que votarão em branco/nulo/ninguém para o Senado Federal pelo Rio Grande do Norte.

Para a disputa de Senado Federal, o Exatus estimulou os nomes de Carlos Eduardo Alves (PDT), Rafael Motta (PSB), Rogério Marinho (PL), Robério Paulino (Psol) e Ney Lopes (Brasil 35). Há também pesquisa estimulada e espontânea para a Presidência da República.

O Instituto Exatus Consultoria e Pesquisa, em parceria com o jornal AGORA RN, entrevistou entre os dias 12 e 14 de maio, dois mil eleitores em todas as regiões do Estado, totalizando 60 municípios pesquisados. A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número de identificação RN-00845/2022. A margem de erro é de 2,1% e o índice de confiabilidade é de 95%.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.