BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Pazuello afirmou à OMS que tratamento precoce reduziu mortes por Covid em 70%, revelam documentos da CPI
Não há informação, no documento, de onde o então ministro tirou os dados apresentados ao organismo internacional
Blog do Lauro Jardim, do O Globo
16/06/2021 | 11:55

Às vésperas de o Brasil chegar à marca de meio milhão de mortos pelo coronavírus, senadores da CPI da Covid têm em mãos documento do Itamaraty, datado de outubro de 2020, que mostra que o então ministro da Saúde fez uma enfática defesa do tratamento precoce à Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), braço da OMS para as Américas.

Em uma circular telegráfica, de caráter reservado, enviada em 29 de outubro de 2020 às delegações do Brasil em Genebra e em Washington, o Ministério das Relações Exteriores transcreveu um relato da Assessoria para Assuntos Internacionais da Saúde, vinculada à pasta de Pazuello, sobre um encontro havido entre ele e a diretora da OPAS, Carissa Etienne, no dia 16 do mesmo mês.

Segundo o relato, Pazuello, “especificamente em relação à Covid-19, apontou que o Brasil conseguiu diminuir em 70% a proporção de óbitos com a adoção do atual protocolo de tratamento precoce”.

Não há informação, no documento, de onde o então ministro tirou os dados apresentados ao organismo internacional.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.