BUSCAR
BUSCAR
Cultura potiguar
Nostalgia de cinema
Produtoras de Natal decidiram trazer de volta a Natal o saudoso formato de cinema drive-in, opção de lazer seguro durante a pandemia do novo coronavírus. Serão exibidos filmes internacionais, nacionais e potiguares em sessões gratuitas na Arena das Dunas – com capacidade de até 200 carros por edição
Nathallya Macedo
26/07/2020 | 23:43

Em tempos de distanciamento social, as opções de entretenimento mudaram. Sem shows, artistas começaram a fazer lives na internet para continuar levando música para os fãs. Foi necessário adaptar todo o trabalho desse profissionais para um período ainda cheio de incertezas. As transmissões online também abrangem outras áreas, como o audiovisual. O streaming, por exemplo, ganhou força nos últimos meses.

Foi pensando em alternativas seguras de diversão que duas produtoras de Natal resolveram trazer de volta o drive-in, modelo de cinema ao ar livre para ocupantes de carros. Haylene Dantas, da HD Produções, e Keila Sena, da Casa de Produção, criaram uma parceria para elaborar o evento. “Somos muito amigas e entusiastas da cultura. Três meses atrás, depois de reflexões, Haylene trouxe a ideia e escrevemos o projeto”, relembrou Keila.

Comum entre 1940 e 1970, a experiência encantou natalenses no Hippie Drive-In, que funcionou na Zona Sul da cidade. “Além disso, foi construído um cinema neste formato na Base Aérea de Parnamirim, mas o acesso era restrito. Nosso objetivo é, inclusive, promover um resgate histórico local. Serão momentos totalmente nostálgicos”.

O plano é evitar aglomerações entre desconhecidos, mas unir famílias em uma vivência divertida e de bagagem cultural. “As pessoas precisam respirar um pouco. É importante até para a saúde mental durante essa etapa tão difícil que estamos enfrentando. É por isso que estamos pensando em uma programação diversificada e que agrade as crianças e os adultos”, contou.

Marcado para acontecer nos sábados de outubro no estacionamento da Arena das Dunas, o evento terá cinco filmes por edição, sendo longas nacionais ou internacionais e potiguares. A escolha, no entanto, ainda passa por curadoria. “Queremos mostrar clássicos, assim como produções da terra e independentes. É um modo de fomentar a arte do Rio Grande do Norte, divulgar e valorizar nossos cineastas”. A programação só será divulgada quando os filmes estiverem selecionados.

Partindo de um pensamento ideológico democrático, o Cine Drive-In será gratuito. “Queremos dar a oportunidade de entretenimento fora de casa para o máximo de natalenses, com todas as medidas de segurança sanitária adotadas. As pessoas poderão levar os próprios lanches. Aliás, teremos um aplicativo de acessibilidade para surdos e cegos. Há também a possibilidade de cooperação com locadoras de carros, para que as pessoas que não tenham veículos possam alugar por um preço simbólico, mas isso ainda depende de terceiros para que seja concretizado”, afirmou Keila.

A estrutura de exibição ao ar livre contará com uma tela de 12 metros de largura por 7 metros de altura, com um equipamento de projeção e radiotransmissão de áudio de alta qualidade para que seja possível atender a demanda de até 200 carros por sessão. A fiscalização de uso de máscaras e outras medidas ficará por conta de “lanterninhas”, como nos antigos cinemas.

O projeto tem patrocínio das empresas Cabo Telecom e Unimed Natal, além de contar com incentivos do governo estadual, através da lei Câmara Cascudo, e da prefeitura, por meio da lei Djalma Maranhão.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.