BUSCAR
BUSCAR
Inflação
Inflação para 2022 com aumento de 6,5% para 6,6%, diz Ipea
A pesquisa analisa os danos sobre lavouras por eventos climáticos, no início de 2022, e também, a retomada dos serviços pós-pandemia pela covid-19
Redação
29/06/2022 | 20:01

Segundo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi feita uma revisão que mediu a inflação de 6,5% para 6,6% em 2022. A revisão foi resultado do Grupo de Conjuntura da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que deixou em 6,3% a previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O trabalho feito pelo IPCA, leva em conta o fato da inflação brasileira, que está sendo impactada por conta do crescimento dos preços das principais commodities, sendo produtos agrícolas e minerais que são vendidos no mercado internacional.

“Refletindo os efeitos da guerra entre Rússia e Ucrânia sobre a produção e comercialização de petróleo, gás e cereais, além do persistente descasamento entre a oferta e a demanda mundial de insumos industriais”, diz a revisão.

Além disso, a pesquisa analisa os danos sobre lavouras por eventos climáticos, no início de 2022, e também, a retomada dos serviços pós-pandemia pela covid-19. Por esses motivos, a inflação no país já chega a 4,8% entre janeiro e maio de 2022 e, nos últimos 12 meses, acumula alta de 11,7%, com base nas medidas do IPCA.

O documento informa que sobre os alimentos no domicílio e bens livres, as previsões aumentam de 9,1% e 5,4% para 12,3% e 9,1%, respectivamente. Em relação aos serviços livres, passou de 5,5% para 6,8%, e aos preços monitorados foi de de 6,9% para 1,1%.

As informações são da Agência Brasil.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.