BUSCAR
BUSCAR
Violência
Homem perde pai e irmão com Covid-19 e mata casal que teria transmitido doença
O delegado do caso acredita que vingança tenha sido a motivação dos assassinatos
Diário do Nordeste
18/08/2021 | 16:20

Um casal foi assassinado e um jovem baleado na perna, nesta terça-feira 17, em Itumbiara, Goiás. Segundo as investigações da Polícia Civil, o crime teria sido motivado por vingança, pois supostamente as vítimas transmitiram Covid-19 para a família do suspeito, que acabou perdendo o irmão e o pai em consequência do coronavírus. As informações são do Uol.

Conforme o delegado do Grupo de Investigação de Homicídios de Itumbiara, Felipe Sala, o autor das mortes culpou Flanklaber Silva e Silva, de 40 anos, e a esposa, Marília Silva e Silva, de 37 anos, pela morte dos familiares em decorrência da infecção pela doença.

O homicídio aconteceu em um galpão onde as vítimas trabalhavam. O marido foi atingido na cabeça e a mulher no rosto. Ela chegou a ser socorrida, mas faleceu na unidade hospitalar. Flanklaber Silva e Silva Junior, de 21 anos, filho de uma das vítimas, foi atingido na perna, sofreu uma fratura e foi socorrido. O suspeito de cometer o crime fugiu após os disparos.

Sala acredita que a motivação dos assassinatos foram vingança. O suspeito, que não teve a identidade revelada pela Polícia, usou uma pistola e deferiu cerca de 20 tiros no local. “Eles estavam sofrendo ameaças de morte, pois eram acusados de ter transmitido covid-19 para a família do atirador. O suspeito foi ao local para vingar a morte dos parentes”, explicou o delegado.

Até o início da noite desta terça-feira 17 o suspeito ainda não havia sido localizado. Conforme a Polícia Civil, esquipes estão nas ruas para prendê-lo.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.