BUSCAR
BUSCAR
Repercussão
General Girão diz que prisão de Daniel Silveira foi seletiva
Ministro do STF determinou a prisão de Silveira, após o parlamentar divulgar um vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5)
Redação
17/02/2021 | 09:20

O deputado federal General Girão da bancada federal potiguar se posicionou sobre a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), que aconteceu na terça-feira 16. O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a prisão de Silveira, após o parlamentar divulgar um vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5) e discurso de ódio contra os integrantes da Corte.

A ordem de prisão em flagrante pela prática de crime inafiançável foi determinada pelo ministro para ser cumprida “imediatamente e independentemente de horário”.

O deputado General Girão que é colega de partido de Daniel Silveira chamou a prisão de seletiva. “O Lula está solto. A Flordelis também. André do Rap foi favorecido pelo STF. Mas, o deputado com imunidade e prerrogativa parlamentar acaba de ser preso, por decisão do Alexandre de Morares. Seletivo mais que isso desconheço”, disse

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.