BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Com 841 mortes em 24 horas, Brasil ultrapassa 450 mil óbitos por covid-19
Desde o início da pandemia, o número de casos já chegou a 16.121.136
UOL
24/05/2021 | 20:38

O Brasil ultrapassou nesta segunda-feira, 24, a marca de 450 mil mortos pela covid-19. Foram 450.026 óbitos pela doença desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram registradas 841 novas mortes. Os dados são obtidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de saúde.

É importante lembrar, porém, que às segundas-feiras o número de óbitos e de casos costumam ser mais baixos, por conta de um represamento de dados que acontecem no final de semana.

A média móvel de mortes pela doença no Brasil ficou em 1.881. O dado representa a média diária de óbitos a partir dos números contabilizados nos últimos sete dias.

Também foram feitos 37.563 novos diagnósticos de coronavírus no Brasil nas últimas 24 horas. Contando desde o início da pandemia, o número de casos já chegou a 16.121.136.

Os dados não representam quando os óbitos e diagnósticos de fato ocorreram, mas, sim, quando passaram a constar das bases oficiais dos governos.

Dados do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (24) que o Brasil registrou 790 novas mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, houve 449.858 óbitos causados pela doença no país.

Pelos números do ministério, o Brasil computou 37.498 novos casos de covid-19 entre ontem e hoje, elevando o total de infectados para 16.120.756 desde março de 2020.

De acordo com o governo federal, 14.552.024 pessoas se recuperaram da doença até o momento, com outras 1.118.874 em acompanhamento.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.