BUSCAR
BUSCAR
Serviço
Caixa vai ampliar horário de todas as agências a partir desta segunda-feira
Atendimento será antecipado em duas horas em 1.102 agências bancárias de todo o país, funcionando das 8h às 14h, apenas para serviços considerados essenciais; Caixa vai firmar parcerias com prefeituras para divulgar informações para o público
Redação
04/05/2020 | 05:00

A Caixa Econômica Federal (CEF) informou neste sábado (2) que vai ampliar o horário de atendimento em toda a sua rede de agências a partir de segunda-feira (4).

Com a medida, as unidades passarão a funcionar das 8h às 14h, duas horas mais cedo. Desde 22 de abril, 1.102 agências já vinham funcionando neste horário.

Para reduzir filas e agilizar os atendimentos, o banco contratou mais 2.800 vigilantes (2.000 já está atuando), e 389 recepcionistas.

Na sexta (1), o banco já havia anunciado um pacote de medidas adicionais para reforçar o atendimento, como a realocação de mais de 3 mil funcionários para ampliar as equipes nas agências; contratação de mais 2 mil vigilantes e 500 recepcionistas para orientação e atendimento ao público (no total, reforço de mais de 5,6 mil contratações); e a disponibilização de cinco caminhões-agência para atendimento em locais com maior necessidade

A Caixa informou ainda que está em contato direto com as prefeituras com objetivo de fechar parcerias para atendimento à população e divulgação de informações.

Neste sábado (2), 902 agências foram abertas exclusivamente para atendimento do saque em espécie da Poupança Social. Na última semana, houve abertura de quase 800 agências no feriado de 21 de abril e no sábado (25).

O banco ainda vai pagar o abono salarial anual do PIS/Pasep ou recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a trabalhadores, assim como atender os clientes que têm contas salário no banco e precisam retirar dinheiro sem cartão ou senha. Por fim, a instituição também fará o desbloqueio de cartão e senha de contas.

O momento é de distanciamento social. Estar em meio a uma aglomeração é considerado um fator de risco durante esta pandemia do coronavírus, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Porém, coisa que já se tornou comum de se ver nesta crise, são as filas quilométricas nos arredores de agências da Caixa Econômica Federal. O motivo da aglomeração é o Auxílio Emergencial de R$ 600 pago pelo Governo Federal.

O anseio por enfrentar as filas enormes e talvez até não ser atendido, levou algumas pessoas à dormirem no chão, na frente da agência bancária. No vídeo gravado pelo fotógrafo Pedro Vitorino, pode-se observar que diversas pessoas descumprem as orientações da OMS e se arriscam ainda de noite, em busca de um lugar melhor na fila para ser atendido. A Caixa inicia seus atendimentos às 8h.

Com sua esposa, Agnaldo Simplício saiu da estrada que leva para Japecanga, em Macaíba, para dormir de frente à Caixa de Parnamirim, na Grande Natal.

“Vim aqui com a minha esposa, saímos do caminho de Japecanga e viemos para cá para sermos atendidos amanhã de 8h”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.