BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Brasil supera 10 milhões de casos de Covid-19; mortes já passam mais de 243 mil
Ministério da Saúde informou que o Brasil registrou 51.879 novos casos confirmados nas últimas 24 horas
UOL
18/02/2021 | 20:43

Nesta quinta-feira (18), o Brasil ultrapassou a marca dos 10 milhões de casos confirmados de covid-19. Em boletim divulgado na tarde de hoje, o Ministério da Saúde informou que o Brasil registrou 51.879 novos testes positivos para a doença nas últimas 24 horas, elevando o total de infectados para 10.030.626 desde o começo da pandemia.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, referência mundial em estudos sobre a covid-19, o Brasil é o terceiro país com maior número de casos confirmados da doença. Estados Unidos e Índia (com 27.854.389 e 10.950.201 infectados, respectivamente) aparecem à frente. Os números foram divulgados no começo da tarde de hoje.

Pelo 3º dia consecutivo, pelos dados do Ministério, o país computou mais de mil novas mortes por covid-19. Nas últimas 24 horas, houve 1.367 novos óbitos provocados pela doença no país. Desde o início da pandemia, o total de vítimas subiu para 243.457.

Segundo o governo federal, 8.995.246 pessoas se recuperaram da doença, com outras 791.923 em acompanhamento.

Prefeito diz que colapso em Araraquara é prenúncio ao Brasil
A pandemia de covid-19 está grave em Araraquara, no interior de São Paulo. E de acordo com o prefeito da cidade, Edinho Silva (PT), isso serve como alerta para o Brasil todo, principalmente porque a doença tem afetado de forma grave também os mais jovens.

Em entrevista à GloboNews, Edinho afirmou que, diante do aumento de casos, internações e mortes na cidade, a prefeitura enviou amostras de coronavírus dos cidadãos para o Instituto de Medicina da USP (Universidade de São Paulo). Foi feito um sequenciamento do vírus, que mostrou alta quantidade da variante encontrada em Manaus. Isso pode ter causado a maior infecção em Araraquara, o que serve de prenúncio para o país, no entendimento do prefeito.

“Estamos em pico ascendente de contaminações. A cidade essa semana bateu seu recorde de contaminações. 53% das amostras remetidas voltaram positivadas. Ontem alcançamos 47% das amostras positividadas”, afirmou Edinho à GloboNews.

“Historicamente, o coronavírus só evoluía em pacientes com mais de 60 anos ou com fragilidade física. Agora não. Começamos a ver uma doença que evolui de forma rápida em pacientes jovens e clinicamente saudáveis. Isso chamou atenção”, disse ele.

Veículos se unem pela informação
Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.