BUSCAR
BUSCAR
Medida
Álvaro Dias autoriza fechamento de praias para combater aglomerações
Decreto municipal autoriza o fechamento de ruas e avenidas, com o fim de evitar aglomerações de pessoas
Redação
21/07/2020 | 23:58

As ruas que dão acesso às praias de Natal serão interditadas caso as aglomerações insistam em acontecer na orla. A determinação é do Prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), que assinou decreto nesta terça-feira (21) com medidas de controle do distanciamento social.

No novo decreto municipal, a prefeitura autoriza o “fechamento de ruas e avenidas, em especial as vias públicas de acesso às praias urbanas, com o específico fim de evitar a aglomeração de pessoas e resguardar o interesse da coletividade na prevenção de contágio e enfrentamento da pandemia da Covid-19”.

De acordo com o texto, caberá à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) o trabalho de disciplinar a proibição de estacionamento nas proximidades das respectivas praias. O decreto, contudo, não traz informações sobre qualquer impedimento para banhistas.

Além disso, também está proibida a utilização de equipamentos sonoros, à exceção de som ambiente com música ao vivo, desde que envolva apenas um cantor e um músico. Os profissionais terão de fazer uso de máscara de proteção, vedada a interação com o público.

A medida é uma repercussão das falas de Álvaro Dias da última segunda-feira (20). Na ocasião, em vídeo nas redes sociais, ele alertou para um controle mais rigoroso e restritivo nas praias para evitar cenas de aglomeração, com as registradas no domingo passado (19) em Ponta Negra, na Zona Sul da capital. “Se houver necessidade de reprimir com a fiscalização intensa, nós faremos, ou então vamos ter que retroceder voltar a fechar tudo e manter o isolamento social com rigor”, falou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.