BUSCAR
BUSCAR
Apreensão
Polícia apreende carro de empresário suspeito de matar amigo em confraternização
Foi apreendido nesta terça-feira, 3, em Extremoz, o veículo utilizado pelo homem no momento da autoria do crime
Redação
04/12/2019 | 06:54

Policiais civis apreenderam nesta terça-feira, 3, uma caminhonete que pertence ao suspeito de matar o próprio amigo em uma confraternização de um clube de trilhas de veículos 4×4, na praia de Santa Rita, em Extremoz, na Grande Natal. O crime aconteceu no último sábado, dia 30 de novembro.

SAIBA MAIS

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriu dois mandados de busca e apreensão em desfavor de Ailton Berto da Silva, de 50 anos, que já teve sua prisão temporária decretada pela Justiça potiguar e ainda não foi encontrado.

Os dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em duas granjas, ambas em Extremoz. Ao longo das diligências, em um dos locais, foi apreendido o veículo, modelo L200 Triton, utilizado pelo homem no momento da autoria do crime. As ações policiais foram empreendidas com o objetivo de efetuar a prisão do homem que continua foragido.


Ailton Berto da Silva (esquerda) é suspeito de ter matado Fantone Henry Figueira Maia (de óculos escuros)

O CASO

De acordo com as investigações, durante um desentendimento com participantes da festa, Ailton Berto sacou uma pistola e efetuou diversos disparos, atingindo Fantone Henry Figueira Maia, de 41 anos, e mais duas pessoas que estavam na confraternização. O motivo da discussão ainda não foi revelado.

A Polícia Civil confirmou que Ailton tem registro de posse de arma de fogo, fato que permite a manutenção da pistola apenas dentro de sua residência.

Qualquer informação que leve a Polícia Civil ao suspeito pode ser repassada pelo disque-denúncia 181. A ligação é gratuita.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.