BUSCAR
BUSCAR
Transtornos
Natal tem manhã de chuva forte, ruas alagadas e protesto de rodoviários
Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) vem informando os pontos que devem ser evitados pelos motoristas; CONFIRA
Redação
04/05/2020 | 10:03

A chuva forte que cai desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira (4) alagou ruas e danificou alguns semáforos em Natal. Em meio aos transtornos, circular por algumas avenidas da cidade também foi complicado em razão de um protesto feito pelos rodoviários.

A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) vem informando os pontos que devem ser evitados pelos motoristas. Confira:

  • 09h54: Rua Cel. José Bernardo, em frente ao Sintro, liberada pelos rodoviários.
  • 09h44: Ponto de alagamento na Av. Afonso Pena x Rua Mossoró. Atenção no trecho.
  • 09h41: Ponto de alagamento na Av. Bernardo Vieira, próximo a linha férrea. Atenção no trecho.
  • 09h33: Paralisação afeta apenas as linhas do Centro, via Alecrim. As linhas da Zona Sul e Praça seguem operando normalmente.
  • 09h24: Rodoviários realizam paralisação do sistema de transporte público em frente ao Sintro.
Rodoviários realizam paralisação do sistema de transporte público em frente ao Sintro

Protesto

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro-RN), o protesto realizado na manhã desta segunda (4) é contra “demissões de todos os cobradores e o não reconhecimento da data base da categoria”.

Os rodoviários querem uma reunião com o prefeito de Natal e empresários ainda nesta segunda (4). Caso não sejam recebidos, ameaçam paralisar os ônibus em por tempo indeterminado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.