BUSCAR
BUSCAR
Irritação
Idealizada por Kleber Fernandes, alteração na Afonso Pena é execrada pelos usuários
De acordo com STTU, disponibilidade do trecho para estacionamento compreende o dia inteiro, exceto entre 19h e 22h, em que a faixa está designada apenas para pedestres
Redação
10/10/2017 | 12:42

A alteração no tráfego da avenida Afonso Pena, em Tirol, oriunda de autorização concedida pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) aos motoristas de Natal para que os mesmos fiquem liberados a estacionar seus carros no canteiro central da via, está causando irritação na população. Idealizada em ofício enviado pelo vereador Kleber Fernandes (PDT) ao prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), a medida também tem provocado, invariavelmente, um caos no trânsito da região, principalmente na chamada hora do rush.

As reações à decisão têm sido contrárias nas redes sociais. Pelo microblog Twitter, vários natalenses expuseram sentimentos de insatisfação com a mudança. Curiosamente, até a jornalista Laurita Arruda, que é esposa do ex-ministro Henrique Alves (PMDB), primo do prefeito, foi uma das que se uniu ao coro de queixas.

Sem título 1

Além de Laurita, outros natalenses se mostraram irritados, e chegaram a usar ironia para tratar do assunto.

Sem título 2

Sem título 3

Sem título 4

Kleber Fernandes, por outro lado, elogiou a atuação da STTU como medida derradeira de sua sugestão enviada à prefeitura de Natal.

kleberkleber 21 1

De acordo com o secretário adjunto de trânsito de Natal, Walter Pedro, a disponibilidade do trecho para estacionamento compreende o dia inteiro, exceto o período entre 19h e 22h, em que a faixa está designada apenas para a prática de atividades físicas por parte de pedestres.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.