BUSCAR
BUSCAR
Balneabilidade
Fiscalização identifica pontos de esgoto e acúmulo de lixo em Ponta Negra
Urbana e Semov foram notificadas após as vistorias, que devem continuar nos próximos dias
Redação
03/04/2020 | 15:07

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), em conjunto com a Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico De Natal (Arsban) e Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), realizou vistoria, em Ponta Negra, para identificar os motivos que levaram à recente perda de balneabilidade em vários pontos da praia. O trabalho foi iniciado nessa quarta-feira (1º) e deve prosseguir pelos próximos dias.  

O trecho vistoriado pelos órgãos foi entre Via Costeira e a Rua Pastor Rodolfo Beuttenmuller. Já os logradouros fiscalizados foram as ruas Inácio Vale, José Américo de Carvalho, Hélio Galvão, Manoel Soares de Medeiros, Francisco Gurgel, João Vicente da Costa, Pedro Fonseca, Moacyr da Cunha Melo, Skal, Pastor Rodolfo Beuttenmuller.

Durante a fiscalização, foi verificada a existência de ligações clandestinas de águas residuárias para a rede pública de drenagem e o lançamento de esgotos para a via pública, além da situação dos equipamentos de drenagem, tradicionalmente conhecidas como boca de lobo, que precisam de manutenção. Na maioria das bocas de lobo averiguadas, foram encontrados resíduos de diversas naturezas, areia e resíduos de construção civil, gerando o acúmulo de água, proporcionando um local adequado à proliferação de mosquitos do Aedes aegypti. 

“Nesta primeira fase de levantamento, observou-se que parte dos equipamentos do sistema de drenagem das ruas de Ponta Negra estão repletas de lixo ou totalmente obstruídas, o que implica na chegada de lixo na praia”, disse o supervisor de Fiscalização de Poluição da Água e do Solo (Spaso) da Semurb, Gustavo Szilagyi.   

Szilagyi faz um alerta que tais problemas encontrados no sistema de drenagem de Ponta Negra podem desencadear complicações de casos de arboviroses. “Por causa do funcionamento precário do sistema, e com o acúmulo de água dentro do sistema obstruído, existe o risco do desenvolvimento do vetor de importantes arboviroses, como o Aedes aegypti”, reiterou o supervisor.

As equipes ainda vão percorrer as ruas situadas entre a Av. Engenheiro Roberto Freire e a orla da praia, a fim de verificar possíveis ligações clandestinas de esgotos na rede de drenagem, e que estejam contribuindo para o lançamento de esgotos na praia.

Após esse primeiro momento de fiscalização e notificações, a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) e a Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov) foram notificadas acerca dos problemas para que as medidas necessárias sejam tomadas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.