BUSCAR
BUSCAR
Cobrança
Engorda na praia de Ponta Negra é cobrada pelo MPRN junto ao Município
Órgão realizou, neste ano, uma audiência com representantes do Idema e da Semurb para dialogar sobre o caso; Prefeitura ainda não tem ações em curso para tal
Redação
26/01/2018 | 03:00

Ao longo dos últimos anos, o Ministério Público do Rio Grande do Norte, através da Promotoria de Meio Ambiente, vem acompanhando de perto a situação da orla de Ponta Negra, cobrando melhorias definitivas na região. Atualmente, o ponto turístico sofre com três buracos em seu calçadão, o que tem afastado cada vez mais os turistas e simpatizantes da área.

Uma das ações que precisam ser feitas para melhorar a situação da praia é a execução dos trabalhos de engorda (que consiste na aplicação de um material na água para aumentar a faixa de areia do mar). De acordo com a promotora do Meio Ambiente Gilka da Mata, o Ministério Público vem fazendo um acompanhamento dessa necessidade frequentemente e, inclusive, realizou audiência com partes interessadas já neste ano.

“Trabalhamos em diversas vertentes, uma delas é com relação a esse engordamento, onde formamos uma comissão com o Idema e a Semurb e descobrimos que a Secretaria de Obras precisa cumprir um plano de trabalho. O Ministério da Integração contou, através de perícia, que para poder aplicar a engorda será necessário, antes, refazer o sistema de drenagem atual da praia, por ele ser incompatível com as soluções dos problemas”, disse.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras (Semopi), atualmente não existem ações de engordamento em curso em Ponta Negra. A justificativa, no entanto, é justamente a necessidade de se seguir o plano de trabalho citado pela promotora. “Contratamos um estudo para fazer o diagnóstico e ele nos indicou que precisaremos, ainda, fazer a contratação de outros estudos ambientais para viabilizar essa engorda”, disse o secretário Tomaz Neto.

“Posso adiantar que vamos retirar cerca de 1,2 milhão de metros cúbicos de material que está à 8km da praia de Areia Preta e mandar pra Ponta Negra, colocando numa extensão de 2km”, anunciou ele, que disse, ainda, que o Município vem buscando seguir todas as recomendações dadas pelo MP. Prova disso é que já realizou, segundo o próprio, o isolamento dos buracos existentes na área, conforme pediu a última manifestação do órgão em processo que tramita na Justiça Federal.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.