BUSCAR
BUSCAR
Saúde
Como melhorar a qualidade do sono na quarentena? Psicólogo explica
O isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus tem gerado ansiedade e medo na população
Redação
19/07/2020 | 10:34

O isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus tem gerado ansiedade e medo na população em meio a esse cenário de incertezas diante das atividades diárias que sofreram mudanças radicais. Essa mudança que pode afetar a saúde mental e o bem-estar geral, resultam em muitos pensamentos com consequências negativas, dentre elas, as alterações de sono.

O psicólogo do Hapvida Saúde, Raunny Almeida esclarece que é possível ter uma rotina de sono, mesmo em meio a esse momento atípico. ” É fundamental descansar nossa mente, desacelerando nosso cérebro para que chegue no momento de descanso mais relaxado. Não tem como esquecer das preocupações, mas antes do sono a gente precisa repetir que no amanhã vamos resolver os problemas. Temos uma mania de antecipar os problemas e precisamos entender que cada coisa tem seu momento para resolver. Foco no descanso”.

O novo coronavírus é o principal tema das conversas diárias, nas postagens em redes sociais e nos telejornais, então é natural que ele apareça na forma de pesadelos também. Raunny explica que ”pelo momento vivido com a pandemia, os nossos projetos e sonhos foram adiados ou até mesmo suspensos. Por isso causar sofrimento e graus de ansiedade, é natural que colocamos esses pensamentos no fundo de nossa mente. Além de tudo, estamos em um período que estamos em risco, então os pesadelos acabam sendo interpretações dessa realidade de sonhos frustrados devido a ansiedade”.

O sono que possui função importante para a saúde, permitindo a restauração e recuperação energética do corpo, melhora do humor e o aprendizado, deve ser usado como estratégia importante para evitar o adoecimento mental e físico. Para tentar melhorar a qualidade do sono, as recomendações do psicólogo do Hapvida Saúde permanecem as mesmas para tempos com ou sem pandemia.

”Celular, TV, Computador, Tablet ou qualquer meio eletrônico, eu recomendo desligar uma hora e meia antes de dormir. O ideal é ler um livro, fazer uma pintura, exercícios de respiração, tomar um chá, meditação, para que você crie uma rotina de sono tranquila e o seu corpo se acostume e estimule o sono tranquilo”, explica Raunny Almeida.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.