BUSCAR
BUSCAR
Situação crítica
Comandante revela que PM tem apenas 1 viatura para fazer Ronda Escolar em Parnamirim
Declaração de Dimas Vicente, do 3° Batalhão da Polícia Militar, foi dada durante audiência pública sobre segurança na escola na Câmara Municipal de Parnamirim
Redação
12/05/2017 | 00:15

A segurança no contexto escolar do município foi tema de audiência na noite desta quinta-feira 11 na Câmara de Parnamirim. Os recentes casos de depredações das unidades de ensino e conflitos na classe estudantil foram amplamente discutidos entre vereadores, professores, secretários municipais e polícia militar.

O presidente da Câmara, Irani Guedes, passou a condução para a propositora da audiência, a vereadora professora Nilda Cruz (PRP) que presidiu a solenidade. Ela iniciou seu discurso pedindo um minuto de silêncio em homenagem ao professor de biologia Ediudson de Lucena, assassinado ontem na Grande Natal. Em seguida, Nilda destacou a importância da temática.

“É pensando na escola que queremos e no ser, que estamos realizando essa audiência hoje, ouvindo as autoridades e o legislativo para unirmos forças, com o objetivo de discutirmos soluções que venham resolver essa problemática”, justificou a parlamentar.

O comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) de Parnamirim, Tenente-Coronel Dimas Vicente, falou sobre o “Ronda Escolar” no município. “Hoje a situação é muito crítica. Nós só contamos com uma viatura para realizar a ronda em quase 150 as escolas da cidade, incluindo as municipais, estaduais e particulares, além da redução do efetivo”, detalhou.

Dimas ainda evidenciou os pontos críticos na área escolar, como a existência do crime organizado, inexistência da Guarda Municipal, desestruturação familiar e reforçou o pedido para a realização de concurso para novos policiais. “É necessário um trabalho complexo que envolve o aspecto social como um todo. Além disso, mais investimentos na área da segurança, com o aumento do efetivo para tentarmos tirar os jovens da rua”, disse o comandante do 3º BPM.

camara segurança

Audiência pública para discutir segurança no contexto escolar foi realizada ontem em Parnamirim – Foto: Divulgação

Representando o prefeito Rosano Taveira, o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Marcondes Pinheiro, destacou que é necessário investir na prevenção e reforma no código penal. Ele também reforçou que a Polícia terá um suporte com a implantação da Guarda Municipal. “O Programa Educacional de Resistência às Drogas(Proerd) fazia muito bem o trabalho preventivo nas escolares. Hoje o Programa está defasado. Com a criação da Guarda nós poderemos dar um suporte à ronda, a ainda teremos o monitoramento eletrônico que nos ajudará 24h por dia”, explicou o titular da pasta.

Ao final, proprietários de escolas particulares e professores puderam fazer ponderações aos convidados sobre a temática.

Também estiveram presentes na audiência, os vereadores Pastor Alex, Rhalessa Freire, Ítalo Siqueira, Vandilma Oliveira, Fativan Alves e Thiago Cartaxo, além da secretária adjunta de Educação, Ana de Oliveira e professores.

Atos de vandalismo recentes

A preocupação com atos de vandalismo na rede pública de ensino se tornou mais evidente nos últimos meses com ações lamentáveis de depredação e furto de materiais nas escolas municipais Limírio Cardoso Dávila e Maria Fernandes Saraiva em Parnamirim.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.