BUSCAR
BUSCAR
Conselho
Chapa quer ampliar fiscalização, transparência e informatização no CRECI
Chapa quer ampliar número de fiscais no Rio Grande do Norte e facilitar o acesso dos corretores a certidões, por exemplo
Redação
28/03/2018 | 15:20

A eleição para o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) terá disputa entre oposição e situação. Além da chapa 01, que representará a candidatura a reeleição do atual presidente Waldemir Bezerra de Figueiredo, foi registrada nesta terça-feira, 27, quase no limite estabelecido para a inscrição de candidaturas, a chapa 02, encabeçada pelo corretor/arquiteto Esam Elali. A intenção da oposição é levar para o CRECI mais fiscalização a atividade profissional, informatização de seus processos e transparência em seus atos e gastos.

“A gente tem uma deficiência muito grande em relação a fiscalização. São mais de 6 mil corretores inscritos, mas menos da metade está regular, ao menos tempo tem muita gente que não tem registro tem e também está atuando e ganha alguma coisa por isso, tendo um ganho ilegal. Mas para fazer essa fiscalização, nós só temos dois fiscais para todo o Estado. Por isso, para nos, a primeira coisa é fazer concurso público e melhorar essa fiscalização, aumentando para 5 ou 6 fiscais, pelo menos”, antecipou Esam Elali.

No que diz respeito a informatização, a ideia da oposição é facilitar o acesso a informações por parte dos corretores. Segundo ele, enquanto em outros estados o corretor pode solicitar uma declaração de regularidade, por exemplo, e receber o documento na hora, pela internet. No Rio Grande do Norte, porém, o sistema é mais arcaico e é preciso fazer a solicitação por e-mail ou pessoalmente e só 3 dias depois o documento é expedido.

“Além disso, apesar de as vezes constar no site informações financeiras sobre o CRECI, elas são muitos confusas, não são claras e é preciso melhorar isso, deixar mais simples, para que o corretor saiba como está sendo aplicada a receita que o conselho tem”, acrescentou Elali.

PROCESSO

Agora, com a inscrição das duas chapas, o CRECI vai fazer a análise das candidaturas e observar se há irregularidades em algum dos inscritos. Depois, a possibilidade de pedido de impugnação é aberto para todo e qualquer corretor inscrito e regular no Conselho. A eleição está prevista para maio.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.