BUSCAR
BUSCAR
Contestação
Câmara de Macaíba reage contra governo pela perda de empresa chinesa para Extremoz
Fábrica de placas fotovoltaicas para energia solar do grupo chinês Chint Eletrics, será instalada em Extremoz; vereadores de Macaíba desaprovaram decisão
Rômulo Estânrley
09/05/2017 | 13:59

O recente anúncio por parte do Governo do Estado de que a fábrica de placas fotovoltaicas para energia solar, do grupo chinês Chint Eletrics, será instalada no município de Extremoz, provocou uma turbulência na classe política macaibense, deixando os vereadores em polvorosa.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Gelson Lima da Costa Neto (PSB) foi o primeiro a reagir: apresentou, logo de imediato, um requerimento, dia 8 de maio, para que o governador Robinson Faria (PSD) esclareça os motivos que levaram a opção de instalação da empresa chinesa de energias renováveis em Extremoz, em detrimento de Macaíba, uma vez que originalmente o município havia sido escolhido para receber o empreendimento. O documento foi aprovado por unanimidade.

Segundo Gelson Lima, o anúncio foi uma “surpresa desagradável” não só para os vereadores, mas para toda a Macaíba, uma vez que o projeto geraria 1.300 empregos diretos e indiretos no município. Ele fez um discurso na sessão do último dia 8, externando sua indignação diante da decisão do governador, que sequer teve a consideração de informar da sua mudança de planos.

O pronunciamento de Gelson Lima foi seqüenciado pelos vereadores Rita de Cássia, Netinho França (SD), Socorro Nogueira (PSB), João de Damião (PSB) e Antônio França (PTN). Eles também se mostraram insatisfeitos com a notícia, enfatizando a questão política, uma vez que a maioria dos parlamentares apoiou a eleição de Robinson Faria contra a difícil disputa contra Henrique Alves, em 2014.

SAIBA MAIS

A fábrica de placas fotovoltaicas para energia solar do grupo chinês Chint Eletrics será instalada numa área de 25 hectares em Extremoz. O investimento está estimado em R$ 112 milhões e que deve ofertar 1.300 empregos diretos e indiretos no Rio Grande do Norte. Robinson e auxiliares visitaram a China em fevereiro deste ano. O objetivo foi manter contatos com os investidores e consolidar a atração da indústria. Na ocasião, foi assinado um protocolo de intenções com a empresa.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.