BUSCAR
BUSCAR
Mudança
Caern garante qualidade de água amarelada em Natal, Mossoró e Assú
População vem reclamando da coloração da água nas últimas semanas; Caern, no entanto, diz que qualidade está garantida
Redação
02/03/2018 | 16:35

A intensidade das chuvas que caem em todo o Rio Grande do Norte nas últimas semanas está provocando uma alteração na coloração da água que chega nas residências de Natal, Mossoró e Assú. Nos últimos dias, moradores reclamaram do tom amarelado do líquido que sai pelas torneiras e passaram a se preocupar com a qualidade do produto. Contudo, a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) garantiu a potabilidade do produto, apesar da cor diferente.

De acordo com o superintendente de Operação e Manutenção da Companhia, Marcos Teixeira, a água que tem chegado nas residências possui qualidade assegurada. Ele explicou que a alteração na cor acontece devido as matérias orgânicas (folhas e restos de raízes) que caem nos rios onde é feita a captação da água, mas garantiu que, ao chegar no ponto de captação, ela é tratada e encaminhada com qualidade aos reservatórios.

“Essa é uma situação que acontece na maioria dos mananciais do país. Quando chove, há uma alteração no nível dos rios e a alteração da cor acontece por causa das matérias orgânicas. Quando esse material cai no rio, do período onde cai até o ponto de captação da água, ele vai se degradando. As folhas se decompõem e promovem a alteração na cor. Porém, quando a água alterada chega na captação, as bombas mudam a forma de operar, reduzindo a produção para que trate melhor o novo tipo de material que chegou até ela”, explicou.

A água alterada só é liberada depois que as máquinas identificam o nível de potabilidade necessário para o encaminhamento aos reservatórios, disse o superintendente. De acordo com ele, quando se alcança esse padrão exigido o encaminhamento é feito. Por mais que não se consiga retirar 100% da cor amarelada, a água que chega até as casas está com padrão de qualidade garantido. “Apesar de saber da preocupação das pessoas, elas podem ter a certeza de que a qualidade da água é a mesma do que a que estamos acostumados a ver”, concluiu.

MOSSORÓ E ASSÚ

Além de Natal, a situação de escurecimento da água também aconteceu em algumas áreas das cidades de Mossoró e de Assú pelo mesmos motivos do ocorrido na capital do estado. A mudança foi provocada por uma conjunção de fatores o que não afeta sua potabilidade, ou seja, está dentro dos padrões previstos em legislação.

A cor alterada da água foi consequência da entrada de novas águas na barragem Armando Ribeiro, que abastece as duas cidades. Além disso, o fechamento das comportas para realização de serviço, no sábado passado, pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), contribuíram para o aumento de sedimentos na água captada pela Caern.

A alteração de cor foi percebida em determinados locais de Mossoró que recebem água predominantemente da Armando Ribeiro Gonçalves. Em Assú, também, foi percebida a alteração. As chuvas na Paraíba estão contribuindo para o escoamento de água pelo Rio Piranhas que deságua na Armando Ribeiro. É normal no período das chuvas ocorrer o carreamento de sedimentos para os rios. Este é um fenômeno cíclico que pode voltar a ocorrer dependendo do volume de chuvas. Somente com a sedimentação deste material ocorre a melhora nas características do produto como a cor.

A previsão é que com a decantação dos sedimentos haja uma melhora na coloração do produto. O gerente da Regional Oeste, Márcio Bruno Dantas, menciona que sempre no período do inverno ocorre mudança na cor da água e espera-se que nos próximos dias haja uma melhora nesta característica da água.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.