BUSCAR
BUSCAR
Mau atendimento
“Até água para beber faltou”, diz passageiro de voo da Gol desviado do RN por mau tempo
Jovem estava em voo da Gol que partiu de São Paulo com direção a Natal na noite deste domingo (1º), mas que foi desviado para João Pessoa (PB) por causa do mau tempo
Redação
02/03/2020 | 16:40

Longa espera, demora na comunicação, mau atendimento e até falta de água para beber. Segundo o empresário João Lucas Peres, de 22 anos, assim foi a viagem dos passageiros da Gol que estavam no voo que partiu de São Paulo com direção a Natal na noite deste domingo (1º), mas que foi desviado para João Pessoa (PB) por causa do mau tempo. A viagem só terminou às 4h26 desta segunda-feira (2), após mais de 6h de espera.

De acordo com o empresário – que estava no voo –, a Gol não ofereceu a assistência devida e agiu com “descaso” com os passageiros. “Não prestaram o mínimo de amparo. Mais de 1h (para) nos comunicar. Desligaram a aeronave, o ar, cabos de carregador, com as portas fechadas, 3 passageiros ficaram em JP. Ao todo, mais de 7hrs dentro do avião. Veio pousar em Natal era 5h da manhã”, protestou João Peres, em mensagem enviada para o Agora RN.

Segundo o jovem, os três passageiros que teriam ficado em João Pessoa passaram mal por causa da situação. Em outra mensagem, ele reclama do mal atendimento da tripulação e diz que até água faltou dentro do avião. “Além dos comissários de bordo, super grossos e com a cara feia”, complementou.

João Lucas Peres estava no voo 9182. O avião – um Boeing modelo 737-800 partiu do Aeroporto Internacional de Congonhas, em São Paulo, às 22h02 de domingo e deveria pousar em São Gonçalo à 1h25 de segunda-feira. Contudo, o pouso só aconteceu 40 minutos depois no Aeroporto Internacional Castro Pinto, em João Pessoa.

A chegada definitiva a Natal deste voo só aconteceu às 4h26. O avião decolou de João Pessoa às 3h54 e fez um voo de 32 minutos até São Gonçalo do Amarante.

Além deste, outro voo foi afetado pelo mau tempo. O segundo caso envolveu uma aeronave que partiu do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, às 23h34 de domingo. O avião – um Boeing modelo 737-800 – deveria pousar em São Gonçalo do Amarante às 2h14 de segunda-feira, mas o piloto alterou a rota quando se aproximava de Campina Grande (PB).

Este voo, de número 1590, foi levado para o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió (AL), onde pousou às 2h33. Na capital alagoana, o avião aguardou por mais de 1 hora e partiu em direção a Natal às 3h40, aterrissando em São Gonçalo do Amarante às 4h22.

Em nota, a Gol afirmou que os voos foram desviados por causa do mau tempo – que teria suspendido as operações do aeroporto potiguar – e que as aeronaves concluíram a viagem para Natal assim que as condições climáticas melhoraram. De acordo com a companhia, com a melhora do tempo, o terminal potiguar foi reaberto.

A companhia destacou também que “prestou toda assistência necessária aos clientes e ações como essas visam garantir a segurança dos clientes”.

A Inframérica, concessionária do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, afirmou que, em nenhum momento, o terminal ficou fechado. Segundo a empresa, devido às chuvas, a operação durante a madrugada em São Gonçalo foi “com instrumentos”. A assessoria do aeroporto disse que a transferência do voo para outras cidades aconteceu por decisão dos pilotos.

De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), choveu 51 mm em Natal entre a manhã de sábado (29) e manhã de segunda-feira.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.