BUSCAR
BUSCAR
Exposição
Anonymous divulga dados de presos pela morte da Marielle Franco
Durante a apresentação dos dados, grupo intitulado Anonymous Brasil ligou o assassinato da vereadora à família Bolsonaro
Redação
04/06/2020 | 15:26

Um perfil no Twitter chamado Anonymous Brasil divulgou nesta quinta-feira (4) supostos dados de investigados na morte da vereadora Marielle Franco (PSol-RJ).

Foram publicadas informações pessoais atribuídas aos ex-policiais militares Élcio Queiroz e Ronnie Lessa. Ambos estão presos pelo assassinato da vereadora carioca.

Constam os seguintes dados: CPF, data de nascimento, número de cartão de crédito, filiação, telefones e endereço. O Metrópoles confirmou os números do CPF junto à Receita Federal.

Também tiveram dados vazados Elaine Pereira Figueiredo, Alexandre Motta de Souza, Rodrigo Jorge Ferreira, Camila Moreira, Bruno Pereira Figueiredo, José Márcio Mantovano e Josinaldo Lucas Freitas.

Durante a apresentação, o perfil apontou, sem revelar provas, a família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como suposta mandante do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro (RJ).

“O estranho disso tudo é os assassinos estarem ligados intensamente ao partido do presidente Jair Messias Bolsonaro e ao filho do presidente, Flávio Bolsonaro“, escreveu o perfil.

“O sistema é falho e corrupto. Flávio Bolsonaro faz escândalo, financiando prédio para a milícia e nada acontece. Por que? Sistema corrupto”, prosseguiu, ao dizer que o país está “cansado”.

*Com informações do Metrópoles

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.