BUSCAR
BUSCAR
Julgado
Acusado de matar a esposa fisiculturista é condenado a 13 anos de prisão
De acordo com as investigações, Fabiana foi estrangulada no banheiro do hotel Arituba em Natal, caso aconteceu em dezembro de 2012. O julgamento durou 11 horas
Redação
08/03/2018 | 08:19

O empresário Alexandre Furtado Paes foi condenado nesta quarta-feira, 7, a 13 anos de prisão pelo assassinato da esposa a fisiculturista paulista Fabiana Caggiano. De acordo com as investigações, Fabiana foi estrangulada no banheiro do hotel Arituba em Natal, caso aconteceu em dezembro de 2012. O julgamento durou 11 horas e aconteceu no Fórum Miguel Seabra Fagundes, na Zona Sul da capital potiguar.

A fisiculturista, o marido e a família dela passavam férias em Natal quando aconteceu o crime, Alexandre nega ter assassinado a mulher e alega que a Fabiana caiu no banheiro. A exame pericial mostrou sinais de esganadura no pescoço de Fabiana.

Antes de falecer, a fisiculturista Fabiana ficou cinco dias internada em um hospital de Natal, mas acabou não resistindo. Alexandre ficou foragido durante 2 anos e foi preso em de novembro de 2015 em Ibiúna, na Grande São Paulo.

 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.