Infecção
Natal tem mais de 3,3 mil pessoas com o coronavírus ativo no organismo
Dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam que, dos 19 mil natalenses diagnosticados com a doença desde março, cerca de 3,1 mil cumprem quarentena domiciliar e outros 200 estão internados
Por Redação - Publicado em 30/07/2020 às 23:47

A cidade do Natal tem mais de 3,3 mil pessoas que estão com o coronavírus ativo no organismo. O número é referente ao contingente de mais de 19 natalenses que foram diagnosticados com a Covid-19 desde março passado, segundo informações da Secretaria de Saúde de Natal (SMS).

Segundo a secretaria municipal, a cidade hoje tem 3,1 mil pessoas diagnosticadas com a doença e que, atualmente, cumprem a quarentena domiciliar – período de 15 dias. Além disso, pouco mais de 200 natalenses estão internados – em leitos clínicos ou críticos – em decorrência da doença.

De acordo com a mais recente edição do boletim epidemiológico de Natal, do dia 27 de julho, a cidade registra 19.954 confirmados, 35.973 suspeitos e outros 30.105 descartados, além de 736 mortes causadas pela Covid-19. Segundo o monitoramento do município, 79,4% dos casos confirmados com Covid-19 estão recuperados, 15,9% estão em isolamento domiciliar, 1% estão hospitalizados e 3,7% faleceram.

“As regiões de Natal que apresentam os maiores números de óbitos são a Norte e a Oeste, são áreas possuem uma grande dimensão populacional. Com os Centros, expandimos os serviços de saúde na atenção básica e tratamos a doença no início dos sintomas. Esse trabalho tem dado certo. Estamos próximo a completar um mês de funcionamento do Centro na zona Norte, e com base nos boletins, já podemos comemorar uma queda no número de óbitos”, afirma George Antunes, Secretário de Saúde de Natal.

O secretário lembra ainda que as regiões Leste e Sul apresentam os maiores números de casos notificados, porém essa região procura mais frequentemente os serviços de saúde.

O levantamento aponta que a proporção dessas mortes por Covid-19 revela que a população mais idosa ainda é a mais atingida, com 73,9%. O boletim indica também que 50,4% dos casos confirmados em pessoas com comorbidades são cardiopatas.

Os casos confirmados da Covid-19 em Natal, entre os dias 12 e 27 de julho, revelam que a área com maior número de casos aglomerados foi o Distrito Sanitário Oeste, principalmente nos bairros Nossa Senhora de Nazaré e Dix-Sept Rosado. Na zona Norte, há uma grande área com transmissão sustentada que afeta principalmente os bairros de Igapó, Lagoa Azul, Nossa Senhora da Apresentação, Pajuçara e Potengi. Já no Distrito Leste, aparece com maior número Lagoa Seca.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RN contabiliza 1.750 mortes por Covid-19; infectados pela doença são 49.667
Brasil registra 1.129 mortes por coronavírus em 24h; casos são 2.610.102
Estamos apenas começando a saber como a Covid-19 afeta o cérebro, diz estudo
Governo do Estado adia terceira fase da reabertura da economia