BUSCAR
BUSCAR
Alta temporada
Crise na segurança trouxe desistência recorde nas reservas futuras para Natal
Hoteleiros trabalham com a possibilidade de 20% de cancelamentos em relação ao mesmo período do ano passado. Quem desistiu arcou com multas juntos as companhias áreas
Marcelo Hollanda
30/01/2018 | 10:04

Associação Brasileira da Indústria Hoteleira no Rio Grande do Norte (ABIH-RN) está concluindo um balanço, que deve divulgar ainda esta semana, sobre a ocupação da rede durante a alta temporada que está se encerrando.

“Esta semana teremos uma ideia melhor de como foi o comportamento dos turismo durante a tumultuada alta temporada”, disse ao Agora RN nesta terça-feira, 30, o presidente da Associação, José Odécio Júnior.

Mas, de antemão, um dos problemas verificados no período foi um aumento substancial no número de cancelamentos de reservas futuras ocorridas ao longo do mês de janeiro.

Segundo o presidente da Câmara de Turismo da Federação do Comércio (Fecomercio), George Gosson, que é hoteleiro, trabalha-se com a suposição de um crescimento de 20% nas desistências em relação à alta temporada anterior, quando os turistas arcam com os ônus dos cancelamentos junto às companhias aéreas.

“Este, sim, é um dado que impressiona e mostra que é preciso um trabalho grande para reconquistar esse turista”, observa Gosson.

O empresário atribui o problema à excessiva exposição de Natal na mídia nacional durante a greve da Polícia Militar, que fez crescer os números de homicídios na capital potiguar e trouxe uma sensação de insegurança à população de maneira geral.

“Como o começo do ano é sempre de pautas fracas nas redações dos veículos de comunicação nacionais, que ficam reduzidas em matéria de temas políticos e até esportivos, Natal sofreu com uma exposição excessiva perto de outras capitais com problemas quase idênticos”, analisa Gosson.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.