BUSCAR
BUSCAR
Opinião
General Girão vira defensor constante de Bolsonaro
Daniela Freire
23/06/2020 | 03:14

Na tela

O deputado federal General Girão virou personagem constante na imprensa nacional quando o assunto é o debate político em defesa do governo e da base aliada de Jair Bolsonaro.

Trending

Nesta segunda, ele estava mais uma vez na tela da CNN Brasil, falando sobre as acusações do inquérito da PGR a respeito do financiamento das manifestações antidemocráticas favoráveis ao fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Lembrando

Na semana passada, 11 parlamentares bolsonaristas tiveram o sigilo bancário quebrado e Girão foi um deles.

Dinheiro

A novidade em destaque na imprensa ontem era o fato de que a Procuradoria-Geral da República (PGR) havia começado a descobrir “o rastro do dinheiro” que estaria sendo usado para bancar os atos. “Nunca financiei nada, nem ninguém”, afirmou o deputado do RN à CNN.

Negando

Na sua participação, Girão considerou “um absurdo” o termo “antidemocrático” dado às manifestações em defesa de Bolsonaro. “São manifestações onde vão crianças, pessoas idosas, cadeirantes”, disse ele, que questionou: “Eu fico me perguntando, e as outras manifestações?”.

Mudando de assunto

O deputado, que neste domingo circulou em mais uma manifestação desse tipo, em Brasília, afirmou ser contra intervenção militar e fechamento do Congresso ou do STF. “O que defendo é o fim da imunidade parlamentar”, garantiu.

Culpada?

Durante a entrevista à CNN, Girão ainda considerou que a imprensa é a responsável por propagar “que nós, deputados da base do presidente, estamos estimulando movimentos antidemocráticos”.

Produzindo

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) tem uma nova tecnologia objeto de pedido de patente: um novo material com propriedades especiais como alta dureza, elevada resistência à formação de trincas e deteriorações e redução do excesso de poros.

Trâmites acelerados

A OAB nacional vai consultar todas as 27 seccionais da Ordem sobre o encaminhamento de um pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro. A deliberação deverá ocorrer em agosto e a decisão final caberá ao plenário do conselho federal, formado por 81 integrantes.

Prontos

Segundo informações publicadas pela imprensa nacional, diretores da OAB consideram que a gestão Bolsonaro chegou ao “fundo do poço”.

Histórico

Na década de 1990, foi a OAB que liderou o processo de impeachment de Fernando Collor. O órgão também apoiou a derrubada de Dilma.

Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho esteve ontem supervisionando o andamento das obras do Ramal do Agreste, no sertão de Pernambuco. “Esse empreendimento levará segurança hídrica para as regiões sofridas do Nordeste e é prioridade para o presidente”, disse o potiguar. Foto: Reprodução

20 anos

À frente da Cabo Telecom, o diretor presidente, Claudio Alvarez, festeja, junto com sua equipe de 657 colaboradores, os 20 anos da empresa nesta quarta-feira (24). Pioneira na prestação dos serviços de internet banda larga e de TV por assinatura aqui no Estado, a Cabo conta hoje com mais de 130 mil clientes no Rio Grande do Norte e na Paraíba.

Rápidas

  • O jornalista Kennedy Alencar estreou coluna no UOL, com foco em histórias sobre as eleições norte-americanas que acontecem neste ano. Ele também vai comentar questões políticas de âmbito nacional.
  • Dois mil brasileiros serão selecionados para 3ª fase de testes da vacina de Oxford.
  • “A suspeita é que parlamentares, empresários e donos de sites bolsonaristas atuam em conjunto e de forma orquestrada”. Do vice-procurador-geral da República Humberto Jacques, sobre a investigação do uso de verba pública e lucro de canais em atos antidemocráticos.
  • Deu na Folha: “Advogados se unem para dificultar carreira de Moro fora do governo Bolsonaro”.
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.