BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Deputada pede que governo flexibilize uso de máscara para pessoas com deficiência
Daniela Freire
17/06/2020 | 03:32

A deputada estadual Cristiane Dantas fez uma solicitação importante ao Governo do Estado, por meio de requerimento. Para que as regras e medidas contra a Covid-19 flexibilizem o uso de máscara de proteção para pessoas com deficiência intelectual ou transtornos psicossociais e para os que apresentem Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Condição especial

Isso porque, segundo Cristiane Dantas, “muitas pessoas com deficiência intelectual ou transtornos psicossociais, entre elas as que apresentam TEA, necessitam sair de suas residências para caminhar, praticar exercícios, mudar de ambiente, mas sofrem a reatividade sensorial a texturas, objetos ou qualquer contato externo com a sua pele”.

Fiscalizando

Em sua proposta, a parlamentar argumenta que em hipótese de abordagem pelos agentes públicos, deve ser facultada a apresentação de documento que comprove a deficiência de natureza intelectual ou transtorno de natureza psicossocial.

Atentado

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia repetiu o então deputado Ulysses Guimarães – no ato de promulgação da Constituição Federal – ao falar sobre os ataques com fogos de artifício contra o STF. “Nós brasileiros esperamos a constituição como um vigia espera a aurora”, disse ela, que chamou os responsáveis pelo ato de “descomprometidos com o Brasil”.

Planejado

Carmem Lúcia também falou sobre a preocupação de que este cenário violento foi “instigado” e “incentivado”, e que ele “nada tem de eventual e espontâneo”.

Rápido

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou nesta terça que o Reino Unido começará a administrar imediatamente dexametasona em pacientes com a Covid-19 depois que dados preliminares do estudo de Oxford apontaram redução de mortes de pacientes graves da covid-19 que usaram a droga.

Começo

Inclusive, o resultado da pesquisa foi comemorado pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). A SBI descreveu esta terça-feira (16) como um “dia histórico” no tratamento da doença e ressaltou que o medicamento é o primeiro farmacológico que mostrou impacto na redução da mortalidade. 

Curiosidade

A medicação com potencial na luta contra o novo coronavírus também é utilizado por alpinistas no combate aos efeitos da falta de oxigênio em altas altitudes.

Muita calma

Agora, um detalhe: Nas pessoas com casos leves de coronavírus, não houve diferença na mortalidade, segundo a pesquisa. Ou seja, a medicação seria útil apenas para os quadros mais severos da infecção.

Não adianta correr para tentar comprar na farmácia.

Perigo

“Biografias de personalidades negras importantes da história do país vêm sendo censuradas de forma sistemática no site da Fundação Palmares, instituição federal que tem como objetivo zelar por essa memória”. A notícia é da Folha de S.Paulo, que conta que funcionários e pesquisadores acusam Sérgio Camargo, o chefe do órgão apontado pelo governo Bolsonaro, de negar a importância dessas figuras históricas, em especial aqueles que se projetaram como símbolos da esquerda.

Nesta terça (16), a senadora Zenaide Maia (Pros-RN) participou de reunião remota da Comissão de Acompanhamento das Ações de Combate à crise da Covid, com o presidente do BNDES, Gustavo Montezano. Os questionamentos da senadora foram sobre a oferta de crédito aos pequenos empresários e também sobre os juros cobrados nessas operações. Foto: Reprodução

Rápidas

  • Cientistas e médicos recomendaram ontem ao Congresso que as eleições sejam adiadas. Eles dizem que o cenário é de incertezas com o coronavírus.
  • “A união entre ciência, Poder Legislativo e Poder Judiciário, na construção de alternativas para cuidar da vida dos brasileiros, fortalece a democracia e garante que as eleições serão realizadas com segurança”, escreveu no Twitter Davi Alcolumbre sobre reunião com cientistas e médicos para adiar eleições.
  • Um estudo publicado no Emerging Infectious Diseases, ligado ao CDC (Centro de Controle de Doenças) dos Estados Unidos, indicou que bares, academias e shows são os ambientes mais propensos a espalhar o coronavírus entre as pessoas, classificados como locais de “supercontaminação”.
  • Ainda sobre covid: Um estudo recente da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, oferece novas evidências de que as máscaras podem ser cruciais para evitar uma nova onda de infecções.
  • A Justiça do Trabalho suspendeu, através de liminar, as demissões feitas pela rede nacional de churrascarias Fogo de Chão durante a pandemia.
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.