Descaso
Idosa internada com Covid em UPA aguarda há mais de 12h para ser transferida a UTI
Mulher está internada em Macaíba e espera desde às 16h deste sábado (23); família conseguiu liminar na Justiça para transferência a um leito da rede estadual de Saúde
Por Redação - Publicado em 24/05/2020 às 11:06
José Aldenir / Agora RN
Mulher internada em UPA deveria ser transferida para UTI da rede estadual de Saúde
Publicidade
U ma mulher de 91 anos que está internada com Covid-19 na Unidadade de Pronto Atendimento (UPA) de Macaíba desde o último domingo (17), aguarda uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) para ser transferida a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede estadual de saúde desde às 16h deste sábado (23), segundo informações da família.

De acordo com os parentes da idosa, a Justiça concedeu liminar para a transferência. Eles dizem que a mulher deveria ter sido encaminhada ao Hospital da Polícia Militar, em Natal. "O mais difícil nós conseguimos, que foi uma vaga na UTI, mas estamos aguardando uma ambulância do SAMU e até agora nada", diz um dos familiares.

"A assistente social da UPA informou que o SAMU teve muitas ocorrências ontem e não foi possível mandar uma ambulância. Deveriam ter mandado hoje, às 4h, mas não conseguiram. Disseram que mandariam às 6h, mas também não deu certo. Informaram ainda que estão tentando uma ambulância da Polícia Militar para fazer a transferência", acrescentou o parente.

O SAMU disse que a informação sobre falta de ambulância não procede e que aguarda confirmação de vaga no Hospital da Polícia. Contudo, o serviço de assistência social da UPA de Macaíba confirma a informação repassada pela família da idosa (sobre a espera pela ambulância do SAMU) e diz que a vaga na UTI do Hospital da PM segue assegurada.

Publicidade
Publicidade