BUSCAR
BUSCAR
Declaração
“Lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, diz Bolsonaro
Presidente respondeu a apoiadora que pediu uma palavra para famílias das vítimas do novo coronavírus
Redação
02/06/2020 | 19:42

O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã desta terça-feira (2), no Palácio da Alvorada, lamentar as mortes provocadas pelo coronavírus, mas afirmou que é “o destino de cada um”.

Bolsonaro deu a declaração em conversa com apoiadores que o aguardavam na portaria do palácio, residência oficial da Presidência. As informações foram colhidas pelo portal G1.

Mencionando passagens da Bíblia, uma apoiadora religiosa pediu “uma palavra de conforto nessa hora”. “Pode ter fé e acreditar que a gente vai mudar o Brasil”, disse Bolsonaro.

A apoiadora então insistiu: “E para os enlutados, que são inúmeros, o que o senhor diria?”, indagou.

“Eu lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, respondeu o presidente.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.