BUSCAR
BUSCAR
Celebridades
Xuxa relembra machismo nos anos 80: “Se sou loira e modelo, sou prostituta”
Em entrevista exclusiva ao Fantástico, apresentadora falou sobre os preconceitos que sofreu durante a carreira e a cobrança sobre sua idade
Metrópoles
02/11/2020 | 06:39

Neste domingo 1º, Xuxa Meneghel concedeu uma entrevista exclusiva para o Fantástico para falar sobre o lançamento de seu novo livro infantil, Maya: Bebê Arco-Íris. No bate-papo com Renata Ceribelli, a apresentadora falou sobre carreira, assédio, preconceito, e não fugiu de perguntas polêmicas.

Ao ser perguntada por Renata qual o maior preconceito que Xuxa já havia sofrido, a entrevistada respondeu que, sem dúvidas, o machismo, que era muito forte nos anos 1980.

“Quando eu comecei a trabalhar, me viam assim: se eu sou loira, se eu sou modelo, eu sou uma prostituta. Isso era uma coisa muito natural naquela época”, disse. Contudo, Meneghel afirmou não ter cedido aos assédios para se manter na carreira. “Se eu tivesse cedido, eu não seria a pessoa que eu sou hoje, mas eu chorei muito pelo fato de eu ter visto isso muitas vezes”, lembrou.

A apresentadora também relembrou situações de assédio e propostas de trabalhos como acompanhante que recebeu à época, e também das piadas e objetificação que sofreu quando namorou Pelé.

“Tinha uma piada que falava ‘qual a diferença entre a Xuxa e o chuchu? Que a Xuxa era comida de preto rico e o chuchu era comida de preto pobre’. E as pessoas vinham me falar isso rindo, e eu não respondia nada”, contou.

Maturidade

Com 57 anos e em paz com sua idade e aparência, Xuxa também falou sobre o peso do passar do tempo sobre quem trabalha com a imagem e sobre as críticas que recebe por estar envelhecendo.

“Assusta bastante, porque sua pele, suas bochechas, cabelo, dentes, tudo fica diferente. Eu sou muito criticada por mulheres, que olham para mim e falam ‘nossa, como a Xuxa tá velha, como a Xuxa tá feia, tá gorda, enrugada. Olha as bochechas dela, o corpo dela’, e é verdade. Eu estou tudo isso, sorte que estou me sentindo bem. Com a maturidade eu me aceito melhor”, disse.

Sobre padrões de beleza, a entrevistada diz que nos anos 80 também os seguia e chegava a ser escrava dele. Hoje, apesar da aceitação e de não recorrer a procedimentos estéticos, Xuxa garantiu que nada a impede de um dia querer fazer algum.

“Não quer dizer que um dia eu não queira fazer uma plástica e fique feliz. Mas eu não vou fazer porque os outros querem, e sim porque eu vou me sentir à vontade de fazer naquele momento e daquele jeito”, explicou.

Para finalizar o assunto, Xuxa tentou justificar a cobrança das outras pessoas sobre a aparência e idade dela, como se envelhecer fosse algo proibido.

“Eu faço parte de um momento muito lúdico deles, de quando eles eram crianças. Então se eles me veem velha, é porque eles estão velhos. E essas pessoas não querem envelhecer. Elas cobram minha velhice tipo ‘não fica velha, Xuxa, porque eu não quero envelhecer’”, argumentou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.