BUSCAR
BUSCAR
Quem deu mais
Terminal Salineiro de Areia Branca é arrendado e receberá investimentos de R$ 164 milhões
Leilão foi promovido nesta sexta-feira 5, pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) na Bolsa de Valores de São Paulo
Redação
06/11/2021 | 09:21

O Consórcio Intersal arrendou o Terminal Salineiro de Areia Branca (TERSAB), nesta sexta-feira 5. Serão investidos R$ 164 milhões. A capacidade de movimentação vai sair de 2 milhões anuais de toneladas para 6 milhões por ano. O leilão foi promovido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) na Bolsa de Valores de São Paulo.

O Terminal arrematado, mais conhecido como Porto-Ilha de Areia Branca, é administrado pela Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN). Está localizado no Oceano Atlântico, a 14 km da costa de Areia Branca (em linha reta), e a 330 km de Natal. Foi inaugurado em 01 de março de 1974 e sua primeira operação se deu em 04 de setembro do mesmo ano. No primeiro momento serão gerados mais 3 mil empregos e ao lango dos 25 anos serão mais de 100 mil em toda a cadeia produtiva da indústria salineira, informa a assessoria de imprensa da Codern.

“É um dia de comemoração pelo que representa o Porto-Ilha para a indústria de sal do Brasil, pela importância desses investimentos para a economia e para o desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Norte, gerando emprego, renda e oferecendo infraestrutura para se manter o protagonismo do sal potiguar junto ao mercado nacional e internacional. Ficamos felizes também por saber que as empresas acreditam no Porto-Ilha, na CODERN e no Brasil e isso se deve a credibilidade do Governo Jair Bolsonaro”, avaliou o diretor-presidente substituto da CODERN, Ulisses Danilo Silva Almeida, que participou do leilão ao lado do Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA), Diogo Piloni e do diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Eduardo Nery.

“Ficamos felizes por estarmos trazendo infraestrutura adequada para duas atividades importantes no país: Sal (RN) e Açúcar (AL), com esse impulso dado pelo Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura”, afirmou Diogo Piloni.

Porto de Maceió

Também foi arrendado por nesta sexta-feira 5 um espaço de 71 mil metros quadrados (MAC13) destinado à movimentação e armazenagem de açúcar no Porto de Maceió (AL), que estava representado pelo administrador Dagoberto Omena. Serão R$ 59 milhões em investimentos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.