BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Taiwan registra o primeiro caso de contaminação local por covid-19 após oito meses
Governo foi sacudido pelo anúncio de terça-feira da infecção doméstica, uma mulher que é amiga de um piloto da Nova Zelândia que foi confirmado como tendo sido infectado no início desta semana
Estadão
24/12/2020 | 11:43

O presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, pediu às pessoas na quarta-feira, 23, que mantenham a calma depois que a ilha confirmou seu primeiro caso de covid-19 transmitido localmente desde 12 de abril, quando o governo anunciou testes negativos até agora para contatos entre pessoas.

Taiwan manteve a pandemia bem sob controle graças aos métodos de prevenção eficazes e precoces e ao uso generalizado de máscaras, com todos os novos casos por mais de 250 dias ocorrendo apenas entre os viajantes que chegaram à ilha.

Mas o governo foi sacudido pelo anúncio de terça-feira da infecção doméstica, uma mulher que é amiga de um piloto da Nova Zelândia que foi confirmado como tendo sido infectado no início desta semana.

Tsai pediu às pessoas que mantenham a calma, sigam as orientações oficiais de saúde e não espalhem notícias falsas.

“Este caso tem uma fonte confirmada de infecção”, disse ela a repórteres. “Por favor, não entre em pânico excessivo”.

O ministro da Saúde, Chen Shih-chung, falando em outra entrevista coletiva, disse que 170 contatos da mulher foram testados, com resultados negativos, enquanto três outros aguardam os resultados dos testes.

A mulher teve contato próximo com o piloto da Nova Zelândia, que trabalha para a taiwanesa EVA Airways Corp e foi ele próprio confirmado como infectado no domingo por ter voado para os Estados Unidos.

O governo criticou o cidadão neozelandês por não relatar corretamente todos os seus contatos e lista de lugares onde esteve, e por não usar máscara quando deveria.

O caso gerou raiva pública em Taiwan, com uma estação de televisão se referindo ao piloto como um “inimigo público”.

O governo de Taoyuan, onde fica o principal aeroporto internacional de Taiwan, disse na terça-feira que multaria o homem em T$ 300.000 (o que equivale a US$ 10.653) por não seguir as regras de prevenção de epidemias.

Taiwan relatou um total de 777 casos – a maioria importados – e sete mortes. Cerca de 130 pessoas permanecem no hospital para tratamento.

O governo até agora não decidiu cancelar as celebrações da véspera de ano-novo, que incluem fogos de artifício em Taipei, mas diz que vai monitorar a situação.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.