BUSCAR
BUSCAR
Manutenção
Roubos de fios prejudicam serviço de iluminação pública de Natal
Secretaria Municipal de Serviços Urbanos aponta que em 2020 foram furtados mais de 16 mil metros de cabos em alamedas da capital potiguar; criminosos buscam peças de cobre e de alumínio
Redação
20/08/2020 | 08:38

Além de buracos nas ruas, um dos problemas estruturais mais recorrentes em uma cidade é a falta de iluminação pública. Vias escuras dificultam a vida de motoristas e causam um maior número de acidentes, assim como propiciam assaltos a pedestres. Em Natal, nos últimos dias, a gestão municipal tem buscado melhorias para a situação. No entanto, a ação de grupos criminosos dificulta a manutenção e prejudica o serviço.

O repórter fotográfico do Agora RN, Ney Douglas, flagrou problemas de iluminação na ponte Newton Na varro na noite de terça-feira (18), o que provocou um trânsito mais lento na região. A Secretaria de Serviços Urbanos da cidade (Semsur) afirmou que vai verificar se houve alguma interferência externa na rede.

De acordo com a secretaria, o furto de fios e demais equipamentos tem gerado um alto custo para a prefeitura. Somente em 2020, foram roubados 16.132 metros de cabos em duas alamedas de importantes avenidas da cidade, quantidade equivalente à distância entre Natal e Parnamirim. Além do desfalque financeiro, a ocorrência leva insegurança aos comerciantes e aos moradores, assim como sobrecarrega as empresas operadoras do serviço.

Devido ao cabeamento subterrâneo, os trechos mais visados pelos criminosos são as alamedas de grandes avenidas, como as da Afonso Pena e
Campos Sales, na Zona Leste e, ainda, Maranguape, Guadalupe e Marinho Chagas, avenidas da Zona Norte. Na alameda da Av. Afonso Pena, por exemplo, foram registradas três ocorrências este ano, somando 9.272 metros de cabos furtados. Já na alameda da Maranguape, o furto totalizou 6.860 metros.

Segundo a Semsur, o material e equipamentos mais visados pelos ladrões são os cabos de cobre e alumínio, luminárias e refletores. Aliás, uma das
preocupações da secretaria é com as novas luminárias de LED que estão sendo instaladas nas vias públicas, pois estas possuem maior valor de mercado do que as comuns. No comércio ilegal, os equipamentos roubados pelos criminosos são reciclados e reutilizados em diferentes setores.

Medidas

Andrea Paula, chefe de Operações de Iluminação da Semsur, afirmou que a secretaria está adotando medidas preventivas que visam coibir a ação dos bandidos, dificultando furtos e consequentes danos à rede de iluminação pública.

“Uma das providências foi a mudança de toda a rede de fiação, substituindo os fios de cobre por alumínio – que não têm valor de mercado.
Outra providência foi a concretagem da tubulação subterrânea. Também colaboramos com os órgãos de segurança pública, fornecendo informações que possam auxiliar investigações e registrando os casos em delegacias locais”.

Denúncias

Os moradores podem colaborar com a solução do problema. “É necessário uma postura de vigilância. Quando se deparar com uma ação suspeita, é preciso denunciar à Guarda Municipal ou à Polícia Militar. A denúncia será
anônima”, afirmou Andrea.

Além disso,a Semsur também disponibiliza o Disque Iluminação, para que a população da cidade possa comunicar situações de apagões relacionadas ao roubo de cabeamento. O número do serviço é 0800 281 8980 e o atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, entre 8h e 18h.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.