BUSCAR
BUSCAR
Eleições
PSB celebra saldo de filiações e se prepara para definir candidaturas
Presidente do partido disse que meta da sigla é ampliar a representação na Câmara Federal e Assembleia Legislativa
Adenilson Costa
05/04/2022 | 08:34

“Fizemos muitas filiações e o PSB recebeu grandes quadros. Fortaleceu muito o partido no RN. Agora, vamos dialogar internamente e com as ruas para avaliar quais pré-candidaturas serão confirmadas na nossa convenção. A representatividade dessas pessoas, com relação à geografia do Estado e aos segmentos sociais, é motivo de orgulho para os socialistas”, comemorou o presidente potiguar do PSB, deputado federal Rafael Motta.

O parlamentar disse que, em relação à formação das nominatas proporcionais no Estado, sobretudo, para deputado federal, tem mais nomes que as vagas disponíveis. “São apenas nove lugares. Uma pena, pois gostaríamos de ir para a campanha com todos. Há pessoas que se filiaram na intenção de se lançar estadual, mas que já reavaliaram e se colocaram à disposição da chapa de federal. Os próximos meses serão de muitos debates, para que o partido tome as melhores decisões”.

Rafael destacou que a meta da legenda é promover a ampliação da representação tanto na Câmara Federal, como na Assembleia Legislativa do Estado. A orientação do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, é que o diretório estadual do PSB ajude na reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT). Porém, na avaliação de Rafael, falta um diálogo mais amplo entre a cúpula do PSB e do PT no Estado, mas, ainda assim, tudo vai se ajustando.

“Fátima é companheira de primeira hora e vamos apoiá-la, não apenas seguindo a recomendação do partido em âmbito nacional, como reconhecendo o trabalho que ela vem desenvolvendo no Estado. Aliás, um trabalho que conta com nosso apoio e colaboração. Sentimos falta de um diálogo mais amplo sobre determinadas questões, mas tudo vai se alinhamento. Não fazemos política sozinhos, então acredito que a definição vai se consolidar em grupo. Ainda tem tempo para isso”, frisou.

Questionado se existe a possibilidade do PSB indicar um nome para ser o senador de Fátima ou se o partido irá apoiar o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), a cargo, o deputado disse: “estamos vivendo hoje as pré-candidaturas. Todos precisam se viabilizar. E todas as decisões do PSB serão precedidas por amplos debates internos”.

“As candidaturas em si ainda estão no campo das possibilidades”

Em alguns momentos da corrida eleitoral potiguar, chegou-se a cogitar a possibilidade de Rafael Motta ser o vice-governador ou senador na chapa majoritária de Fátima Bezerra. Sobre isso, ele disse: “as candidaturas em si ainda estão no campo das possibilidades. Natural que nomes sejam ventilados, sem qualquer definição. Essa é uma construção a longo prazo que só deve ser finalizada nas convenções, em agosto”, revelou.

Para o parlamentar, a filiação do ex-ministro e ex-emedebista Henrique Eduardo Alves na sigla implica no fortalecimento do PSB no Rio Grande do Norte. “O partido o recebeu de braços abertos. É um político com muito conhecimento e muita experiência. Foi procurado por outros partidos, mas optou por aceitar nosso convite. Henrique é um grande quadro e o partido lhe dará total apoio na busca pelo restabelecimento do seu espaço como deputado federal”, destacou.

As lideranças partidárias do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Socialista Brasileiro (PSB) têm a intenção de formalizar a indicação de Geraldo Alckmin (PSB) como vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Rafael Motta avaliou: “somos de partido. O PSB formará chapa com o presidente Lula e não resta dúvidas sobre em qual lado firmaremos posição. A frente criada para tirar Bolsonaro da Presidência da República é muito necessária”.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.