BUSCAR
BUSCAR
Polícia
Polícia Federal executa extradição de estrangeiro preso no Rio Grande do Norte
A ordem judicial foi expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Redação
29/06/2022 | 12:49

No final da noite da última terça-feira, 28, a Polícia Federal, por meio da representação regional da Interpol no Rio Grande do Norte, executou a extradição de um cidadão português, de 49 anos, que havia sido preso em agosto de 2021, em Parnamirim, Região Metropolitana de Natal. A ordem judicial foi expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Então foragido no Brasil, o estrangeiro foi condenado pelo juízo do Tribunal Judicial da Comarca de Braga, Portugal, a cumprir a pena de 3 anos e 2 meses de prisão pelo crime de burla qualificada, cujo delito na lei brasileira é semelhante ao estelionato.

Segundo o processo, o extraditado se passava por representante de um banco suíço para aliciar empresários e pessoas com alto poder aquisitivo no seu país e, com isso, se apropriava de elevadas quantias à custa do patrimônio alheio.

Desde a sua prisão, o português se encontrava custodiado na Cadeia Pública de Natal. Transferido para a sede da PF em Natal à noite passada, ele seguiu sob escolta até o Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante-RN, onde foi entregue aos policiais portugueses encarregados da sua condução até Lisboa.

A partir de 2021, a Polícia Federal prendeu no Rio Grande do Norte cinco estrangeiros de diferentes nacionalidades procurados pela Interpol para fins de extradição.

Com informações, Polícia Federal do RN.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.