BUSCAR
BUSCAR
Investigação
Polícia faz ação contra grupo suspeito de matar candidato no Rio de Janeiro
Polícia Civil investiga se a morte tem relação com a disputa entre milícias pelo controle das comunidades da Baixada Fluminense, já que o candidato era irmão de um policial militar preso em julho
Agência Brasil
06/11/2020 | 12:33

Policiais civis cumprem nesta sexta-feira, 6, dez mandados de busca e apreensão contra um grupo criminoso suspeito de matar o candidato a vereador em Nova Iguaçu Domingos Barbosa Cabral. O político foi assassinado no dia 10 de outubro.

A Polícia Civil investiga se a morte tem relação com a disputa entre milícias pelo controle das comunidades da Baixada Fluminense, já que o candidato era irmão de um policial militar preso em julho, por suspeita de chefiar um grupo miliciano.

Além de contribuir para a investigação sobre o homicídio, a Polícia Civil busca elementos que indiquem a participação de milícias nas eleições, por meio do financiamento das campanhas de alguns candidatos.

Um dos alvos da operação de sexta-feira, 6, é um candidato a vereador apoiado pela milícia que atua na região.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.