BUSCAR
BUSCAR
Justiça
PGR pede volta de Queiroz e mulher à prisão em parecer
Parecer enviado ao STF é assinado pelo subprocurador-geral da República Alcides Martins. Casal está em domiciliar após decisão de Gilmar Mendes
Redação
02/09/2020 | 17:55

A Procuradoria-Geral da República defendeu em parecer enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia Aguiar, voltem à prisão, conforme o R7 Planalto apurou. 

O parecer é assinado pelo subprocurador-geral da República Alcides Martins.

O casal está em prisão domiciliar desde o dia 14 de agosto, por decisão do ministro Gilmar Mendes. Preso desde o dia 18 de junho, Queiroz ganhou direito a cumprir a pena dentro de casa com o uso de tornozeleira eletrônica por determinação do presidente do STJ, João Otávio de Noronha, durante o recesso do Judiciário.

Fabrício Queiroz e Márcia Aguiar são acusados pelo MPF-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) pela tentativa de obstruir as investigações sobre o suposto desvio de salários no gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na época em que ele era deputado estadual.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.