BUSCAR
BUSCAR
‘O Tony Hawk para mim é o Toninho’, diz skatista Rayssa Leal
Lenda do skate, comentarista da TV norte-americana nos Jogos Olímpicos, tem enorme carinho com atletas brasileiras
R7
23/07/2021 | 20:43

A pista do Ariake Urban Sports Park, claro, é reservada para os atletas olímpicos. Mas nesta sexta-feira, 23, um senhor magro, alto, de cabelos já grisalhos, invadiu a pista com um celular na mão para filmar o treinamento das atletas brasileiras, com quem tem enorme intimidade. A exceção em Tóquio 2020 se chama Tony Hawk, simplesmente o maior nome da história do skate.

Hawk, hoje com 53 anos, nem de longe passa despercebido. Apesar de não competir mais, o norte-americano, dono de 16 medalhas no X-Games, a Olimpíada dos esportes radicais, está sempre próximo do esporte que ajudou a popularizar pelo mundo a partir do final da década de 1990.

Com toda essa credencial, o agora comentarista olímpico do canal norte-americano NBC se permitiu alguns minutos na pista, com o celular na mão e imagens de Letícia Bufoni e Rayssa Leal direto para as suas redes sociais. No Instagram, Hawk tem 6,6 milhões de seguidores que absolutamente o idolatram seja pelo jogo de videogame, seja pelos seus inúmeros feitos na carreira.

A relação com as brasileiras é tamanha que Rayssa entregou um apelido engraçadinho de Anthony Frank Hawk, o Senhor Skate.

“O Tony para mim é o Toninho né. Ele foi um dos caras mais essenciais para a minha história no esporte, foi ele quem repostou o vídeo da fadinha e, então, tenho que agradecer muito a ele. E saber que ele é uma lenda do skate, isso me inspira todo dia a tentar coisas novas e muito da hora. Ele me filmar hoje foi muito da hora”, disse Rayssa, de apenas 13 anos, a atleta mais jovem da delegação brasileira nesta Olímpica.

A história de Rayssa com Tony vem justamente dessa repostagem do norte-americano. Ele ajudou a viralizar um vídeo em que a atleta brasileira, ainda criança em 2015, realizava manobras incomuns para os seus então 7 anos. Daí em adiante, a carreira da menina ganhou projeção internacional até chegar aos Jogos Olímpicos hoje.

Leticia, de 28 anos, mais experiente no circuito internacional, teve sua personagem levada para o game como nome da lenda do skate. Ainda assim, a felicidade quando o encontra na pista é enorme.

“Ter o Tony ali como companheiro de trabalho é incrível. Participei do jogo dele, é incrível. O mais gratificante é ver essa iniciativa dele, entrar ali na pista para me filmar. O cara é superocupado, as câmeras estão sempre nele e ele sempre dá atenção para a gente”, disse a atleta.

Sem tirar o brilho das competidoras, Hawk terminou suas gravações para as redes sociais, foi com o skate nos pés até a área de imprensa, se recusou a dar entrevista “por respeito à NBC” e saiu de cena desejando sorte às brasileiras.

O street feminino nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 acontece na segunda-feira, 26, com as eliminatórias pela manhã e a final à tarde, no horário local.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.